Maior parte do lixo das praias brasileiras é de bituca de cigarro, diz estudo - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

23 de janeiro de 2020

Maior parte do lixo das praias brasileiras é de bituca de cigarro, diz estudo

Maior parte do lixo das praias brasileiras é de bituca de cigarro, diz estudo
Um banhista que frequenta praias em um trecho de 8 km, dividem o espaço com mais de 200 mil bitucas de cigarro. Além disso, nessa mesma distância são encontrados 15 mil lacres, tampas e anéis de lata, 150 mil fragmentos de plásticos, 7 mil palitos de sorvete e churrasco e 19 mil hastes plásticas de pirulitos e cotonetes. Isso é o que revela um estudo do projeto Lixo Fora D´Água, divulgado nesta quarta-feira (23/1).

O projeto existe desde 2018 e nesse período identificou que as três principais fontes de vazamento de lixo e resíduos para o mar são as comunidades nas áreas de palafitas, os canais de drenagem que atravessam a malha urbana e a própria faixa de areia da orla. Entre os resíduos mais encontrados e em maior quantidade nas praias estão os materiais plásticos e de forma variada, como plástico filme, pequenos tubos plásticos, hastes plásticas e isopor (52,5%); a bituca de cigarro, responsável por 40,4% do lixo coletado; e borracha, metal, madeiras, embalagens e outros (7,11%).
Indicadores internacionais mostram que cerca de 80% do lixo marinho tem origem no ambiente terrestre. No Brasil, mais de 2 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos vão parar nos rios e mares todos os anos, quantidade suficiente para cobrir 7 mil campos de futebol.

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas