Bolsonaro volta a defender a legalização do porte de armas e diz: “Quem não aceitar isso está no governo errado” - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

22 de maio de 2020

Bolsonaro volta a defender a legalização do porte de armas e diz: “Quem não aceitar isso está no governo errado”

Fala do presidente aconteceu durante a reunião ministerial no dia 22 de abril, a qual a gravação foi divulgada hoje (22)
O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a defender a legalização do porte de armas durante a reunião ministerial do dia 22 de abril. Durante o vídeo, que foi veiculado nesta sexta-feira (22) após a liberação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, Bolsonaro afirma que apoia a liberação do armamento para prevenir o país de uma ditadura.
“Como é fácil impor uma ditadura no brasil, por isso que eu quero que o povo se arme, que é a garantia que não vai aparecer um filho da **** para impor uma ditadura aqui, porque é fácil impor uma ditadura, facílimo. Um bosta de um prefeito, faz um bosta de um decreto, algema e deixa pra morrer de cárcere. Se ele tivesse armado, ia pra rua.”
Bolsonaro deu a declaração após criticar os governadores de São Paulo, João Dória (PSDB), e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSL), além do prefeito de Manaus, Arthur Virgilio Neto (PSDB). Para completar, o presidente afirmou que o ministro que não concordar com suas
“Quem não aceitar as minhas maneiras, família, Deus, Brasil, armamento, liberdade de expressão, livre mercado, quem não aceitar isso, está no governo errado, espere para 2022”, disse Bolsonaro.

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas