Suspeito de matar miss é encontrado em cabana na fronteira do Brasil com a Venezuela - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

16 de maio de 2020

Suspeito de matar miss é encontrado em cabana na fronteira do Brasil com a Venezuela

Suspeito de matar miss é encontrado em cabana na fronteira do Brasil com a Venezuela
Suspeito de matar a namorada a facadas, em Manaus, um homem de 31 anos - de nome não divulgado - foi preso pela Polícia Militar de Roraima (PM-RR), em uma região de mata em Pacaraima (Roraima), na fronteira com a Venezuela, na tarde dessa sexta-feira (15/5). Ele estava escondido em uma cabana.
A vítima, a jovem Kimberly Karen Mota de Oliveira, de 22 anos, era miss Manicoré e finalista do Miss Amazonas 2019. Segundo a Polícia Civil do Amazonas, o suspeito, que é servidor da Justiça do Trabalho, staria planejando fugir para a Espanha através do país vizinho.
Equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) de Manaus se deslocaram até a fronteira com a Venezuela para conduzir o suspeito de volta para o Amazonas. 
De acordo com a investigação, o servidor público entrou em Roraima na última segunda-feira (11/5), um dia após registro do desaparecimento de Kimberly. A família notou que algo estava errado quando a miss deixou de responder às mensagens - a última conversa da modelo com um parente se deu com a mãe.
Os investigadores descobriram que o suspeito estava em Roraima após o registro da entrada dele no estado na barreira sanitária montada na divisa com o Amazonas. Além disso, o carro dele foi localizado capotado na BR-174, em território roraimense. O ex-namorado seguiu viagem após o acidente, ao pegar carona com um caminhoneiro. Em Boa Vista, ele continuou até Pacaraima.
CRIME
Kimberly foi encontrada morta em um apartamento no centro de Manaus, na última terça-feira (12/5). Ela foi assassinada com três golpes de arma branca. 
A modelo estava desaparecida há dois dias, quando deixou de responder mensagens dos familiares, e o corpo foi encontrado no apartamento do ex-namorado, que é paulista, na Avenida Joaquim Nabuco, na capital amazonense.
Em entrevista ao Uol, a delegada Zandra Ribeiro explicou, na ocasião, que o suspeito estava em Manaus após passar por um processo de separação da ex-mulher. "Ele é paulista e estava tendo um relacionamento com ela, que durou dois meses. A modelo pôs fim à relação e, no domingo, esse suspeito foi buscá-la no local em que morava e hoje ela foi encontrada no apartamento dele. A arma foi encontrada na varanda".

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas