BEREU NEWS

Árvore cai, atinge casas e mata idosa em Luís Anselmo

Árvore atingiu quatro casas em Luiz Anselmo - Foto: Edilson Lima | Ag. A TARDE


Uma idosa de 62 anos morreu após a casa onde ela estava ser atingida por uma árvore na madrugada desta sexta-feira, 2, no bairro de Luís Anselmo, em Salvador. De acordo com a Superintendência de Telecomunicações (Stelecom), a planta caiu, atingindo diversos imóveis.
Vanda Marins estava com a filha e dois netos em uma das casas, quando o acidente ocorreu. Ela não resistiu e morreu no local. A filha Amanda, 24, e os netos, Fernanda, 8 e João, 4, também ficaram feridos. Eles foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), na Vasco da Gama.
Uma vizinha de Vanda, Érica Torres, 24, também ficou ferida e foi levada para o HGE. Segundo a professora Daniele Silva, 34 anos, vizinha do terreiro, eles tiveram ferimentos leves. Daniela e a filha de 3 anos também tiveram escoriações pelo corpo, mas não precisaram ser hospitalizados. 
"
Graças a Deus consegui tirar minha filha de debaixo da árvore e dos escrombos do telhado. Foi um milagre.
Daniele Silva, professora e vizinha do terreiro
A professora disse ainda que estava dormindo com a filha quando houve o acidente. "Só ouvi um estrondo e senti tudo caindo nas minhas costas. Depois só vi os galhos da planta e me desesperei até ouvir a voz de minha filha. Graças a Deus consegui tirar ela de debaixo da árvore e dos escrombos do telhado. Foi um milagre", relata.

Bombeiros, policiais militares, técnicos da Codesal e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão no local.
Moradores temiam acidentes envolvendo a árvore (Foto: Edilson Lima 
A árvore centenária estava plantada no terreno do Terreiro do Alaketu (ou Ilé Maroialaji Alaketu), que é tombado pelo Instituto Nacional de Patrimônio Histórico (Iphan). A planta era um iroko, um orixá no candomblé.
Daniele disse que os moradores já tinham solicitado a poda da árvore após galhos atingirem imóveis da região. "Há muito tempo que a gente reclamava, pedia a poda, porque é uma árvore antiga e alta e sempre caía algum galho. A prefeitura estava ciente. É uma tragédia anunciada", reclama.
A iatissá do terreiro Suzane Barbosa argumenta que a árvore era saudável e só caiu porque foi atingida por um raio. "Não há nenhum tipo de fungo na árvore. Inclusive, a Sucop (Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Salvador) esteve aqui após reclamações de moradores e analisou que não havia risco. O que houve foi que ela foi atingida por um raio", explica.
Segundo ela, a reclamação dos vizinhos ocorreu após galhos da planta cair em um telhado em março deste ano, durante um período de chuva. Contudo, Suzane explica que os galhos foram deixados soltos após funcionários do governo municipal podar a planta.
Membros de terreiro alegam que árvore foi atingida por raio (Foto: Edilson Lima 

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS
BEREU NEWS