Neto anuncia corte de 30% do próprio salário e turno especial de trabalho na prefeitura; economia será de R$ 50 milhões - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

15 de abril de 2020

Neto anuncia corte de 30% do próprio salário e turno especial de trabalho na prefeitura; economia será de R$ 50 milhões


O prefeito ACM Neto anunciou, na manhã desta quarta-feira (15/4), novas medidas no combate ao coronavírus. O gestor revelou que reduziu em 30% o seu salário e o do vice-prefeito, Bruno Reis. Além disso, gratificações de comissionados serão diminuídas no mesmo percentual. A medida - que vai acarretar uma economia de R$ 50 milhões nos cofres públicos -, será válida por três meses. 
"Temos que dar o exemplo. Não me sentiria à vontade de dar início a uma série de decisões de cortes de economia, sem incluir meu próprio salário e o do vice-prefeito", declarou o prefeito, que foi além. "Não vamos mexer nos salários-base e sim nas gratificações, os cargos comissionados. Servidores públicos não entram nessa determinação. Pessoas diretamente envolvidas no Covid-19 e nos serviços essenciais, não terão o corte". 
Traçando um panorama da queda de arrecadação da prefeitura, provocada pelo regime de isolamento social, Neto destacou que as primeiras previsões apontam para uma redução de 30% no recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS), principal fonte de arrecadação da prefeitura e que está diretamente ligado ao setor de prestação de serviços e à atividade econômica do município. "Essa queda pode ser ainda maior caso a crise se prolongue. Além disso, nós já sabemos que, quando as coisas voltarem (ao normal), a economia não volta no mesmo ritmo, portanto, a gente tem que trabalhar diante de um cenário de imprevisibilidade. Não sabemos o que vai acontecer" afirmou, esclarecendo, ainda, que as medidas visam, sobretudo, a manutenção dos empregos de terceirizados e funcionários que trabalham no  Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). 
Apesar disso, o prefeito voltou a refoçar a necessidade de cumprimento das regras de restrição social impostas pela prefeitura e pediu, mais uma vez, que a população da cidade permaneça em casa. "A curva de Salvador está controlada e nós temos uma curva melhor do que a média do Brasil e do que muitas capitais do brasileiras. O momento agora é de continuar a vigilância e o apelo a cada pessoa para o cumprimento dos decretos estabelecidos pela Prefeitura para a manutenção dessas restrições, para evitar aglomerações, para a gente continuar a ter bom êxito no combate ao coronavírus", finalizou. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco