Pela primeira vez na história, uma mulher ocupará o posto de brigadeiro da Força Aérea Brasileira - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

9 de outubro de 2020

Pela primeira vez na história, uma mulher ocupará o posto de brigadeiro da Força Aérea Brasileira

A Força Aérea Brasileira (FAB) terá pela primeira em seus 79 anos de história uma mulher no posto de Brigadeiro, o primeiro de oficial general, correspondendo ao código OF-6 (general de uma estrela) da OTAN. A escolhida para ocupar o cargo foi a atual diretora do Hospital Central da Aeronáutica, a  Coronel Carla Lyrio Martins, que faz parte do Quadro de Oficiais Médicos da Força Aérea Brasileira.

A Coronel, que ingressou na Força Aérea em 1990, é especialista em Medicina Aeroespacial, Hematologia e Hemoterapia, e possui Pós-Graduação em Vigilância Sanitária e Epidemiológica e em Desenvolvimento Gerencial na Gestão de Serviços de Saúde. Integrou o corpo clínico do Esquadrão de Saúde da Academia da Força Aérea (AFA), da Base Aérea de Fortaleza, do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e do Hospital da Força Aérea do Galeão (HFAG). 

Além disso, Carla já chefiou o Serviço de Hemoterapia, a Comissão de Infecção Hospitalar, o Serviço de Hematologia e a Divisão Médica do HFAG. Casada com o Coronel Aviador João Pedro Martins e mãe de dois filhos, Bruna e João Pedro, ela ocupará o posto de Brigadeiro a partir de 25 de novembro.

Vale lembrar que as primeiras mulheres oficiais aviadoras da Força Aérea Brasileira foram formadas na Academia da Força Aérea em 2006 e atualmente estão no posto de Major. A Marinha do Brasil também conta em suas fileiras com a Contra-Almirante Luciana Mascarenhas da Costa Marroni e com a Contra-Almirante Dalva Maria Carvalho Mendes, esta última a primeira mulher oficial-general do Brasil.  

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas