Com derrotas no segundo turno, PT vai comandar 32 prefeituras na Bahia e ACM Neto comenta; "novos ventos"


O Segundo turno das eleições 2020 realizado, neste último domingo (30/11), trouxe números emblemáticos. O país registrou, por exemplo, 29,5% de abstenções. Trata-se do maior índice desde 1996. O Partido dos Trabalhadores (PT) termina as eleições sem comandar, pela primeira vez na história, uma capital do país. Na Bahia, o partido somou duas derrotas significativas. 

Em Feira de Santana, o atual prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), teve o mandato renovado neste domingo ao vencer com 54,42% dos votos o adversário e deputado federal Zé Neto (PT), que recebeu 45,58% dos votos válidos. Já em Vitória da Conquista, o também emedebista Herzem Gusmão foi reeleito prefeito com 54,55% dos votos válidos, contra 45,45% do seu adversário, o deputado estadual Zé Raimundo (PT).

Na Bahia, das 417 cidades, o PT conquistou 32 prefeituras. 

CONFIRA LISTA: 

Abaré: Fernando Tolentino 
Amargosa: Júlio Pinheiro 
Banzaê: Jailma
Boninal: Celeste 
Carinhanha: Chica Do Pt 
Dom Macedo Costa: Guito 
Fátima: Binho De Alfredo 
Igaporã: Neto 
Itacaré: Antonio De Anizio 
Jaguarari: Seu Antonio
Lauro de Freitas: Moema Gramacho 
Malhada: Dr Gimmy 
Miguel Calmon: Caca (PT) 
Morpará: Lelei Barreto (PT)
Mortugaba: Heráclito (PT)
Muquém do São Francisco: Mara Rios
Nova Redenção: Guilma Soares
Paratinga: Marcel 
Pintadas: Valcyr 
Planalto: Cloves 
Queimadas: Dr Andre
Rafael Jambeiro: Cibele
Ribeira do Amparo: Germano Santana
Santa Brígida: Elton
Santa Inês: Professor Emerson
Santo Estevão: Rogerio
Serra Dourada: Nenenzao 
Souto Soares: André 
Tanquinho: Zé Luiz 

Um dos principais nomes contra o Partido dos Trabalhadores na Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ao comentar as vitórias de Colbert e Herzem, na noite de domingo (29/11), falou em "novos ventos" começando a soprar no Estado. 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem