Tenente da PM é flagrado agredindo grávida dentro de quartel; vítima defendeu filha autista - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

23 de novembro de 2020

Tenente da PM é flagrado agredindo grávida dentro de quartel; vítima defendeu filha autista


 O tenente da Polícia Militar André Luiz Leonel Andrea foi flagrado agredindo com socos e chutes uma gestante que estava algemada. O oficial é lotado no 3º Pelotão do município de Bodoquena, no de Mato Grosso do Sul.

O fato ocorreu dentro do quartel, no dia 26 de setembro, mas o vídeo do crime só foi divulgado no domingo (22/11). Câmeras de segurança da unidade mostram o militar empurrando a mulher contra a parede. A vítima, uma empresária de 44 anos, tenta se defender com os pés, mas acaba apanhando.

Três outros homens acompanham as agressões passivamente, sem intervir. O outro PM se aproxima e ainda parece segurar a mulher na cadeira para que o colega continue com as agressões. A sessão de tortura só é interrompida quando uma policial aparece e tira o colega de cima da empresária. 

A Polícia Militar do Mato Grosso do Sul informou que identificou os envolvidos e abriu um inquérito para apurar as circunstâncias que resultaram nas agressões.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher foi detida depois de se envolver em uma confusão dentro de um restaurante na frente da pousada onde ela estava hospedada. A gestante relatou que a comida, paga com antecedência, demorou para ficar pronta e causou desconforto em uma das suas filhas, autista. Ela alegou que teria sido empurrada ao cobrar a refeição por uma funcionária do restaurante, que teria chamado a criança de "verme". 

Ainda segunda a gestante, ela retribuiu com outra agressão e voltou para pousada. A Polícia Militar teria batido na porta do quarto minutos depois, puxando a vítima pelos cabelos e conduzindo, algemada, em uma viatura sob alegação de desacato.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco