Bahia ocupa primeiro lugar em ranking de déficit habitacional entre estados do Nordeste - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

21 de dezembro de 2020

Bahia ocupa primeiro lugar em ranking de déficit habitacional entre estados do Nordeste

A Bahia lidera o ranking de maior déficit habitacional, segundo estudo feito pela Ecconit Consultoria Econômica, a pedido da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) e a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa afirma que falta 555.635 unidades habitacionais para atender à população do estado.

A apuração mostra que a maior demanda é entre aqueles que recebem até um salário mínimo, em torno de 335,6 mil unidades. A segunda maior faixa de demanda é entre as pessoas que recebem de um a três salários mínimos, com cerca de 208,7 mil imóveis.

Déficit elevado também, mas não tanto em relação aos anteriores, entre a faixa salarial de 5 a 10 salários mínimos, com 19.525 unidades. Por outro lado, o déficit habitacional é menor entre as faixas salariais de mais de 10 salários mínimos, com 9.449, e de três a cinco salários mínimos, com 11.265.

Em segundo lugar, o levantamento aponta como destaques Maranhão, com déficit de 403.635 moradias; Ceará, com 335.370; e Pernambuco, com 236.370 unidades. Em relação a todo o Brasil, o Nordeste lidera no volume de déficit habitacional: concentra 34,8% da falta de moradias no país, percentual puxado pela coabitação decorrente do número de famílias conviventes no mesmo nível.

Segundo o estudo, faltam 1.550.236 residências para atender à população. Se considerado a soma do ônus excessivo de aluguel, na qual é empenhada mais de 30% da renda com a locação, o total sobe para 2.298.666 moradias. São incluídas 748.429 unidades habitacionais da categoria.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco