Reino Unido inicia terceiro lockdown para conter a disseminação de variante do coronavírus

O Reino Unido iniciou nesta terça-feira (5/1) o terceiro lockdown, em uma tentativa de frear a disseminação da variante do coronavírus no país. Os moradores foram orientados a ficar em casa, a prática de esportes coletivos para amadores foi proibida e escolas e estabelecimentos foram fechados. 

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro Boris Johnson na noite de segunda-feira (4). Segundo ele, a variante do coronavírus está se espalhando tão rápido pelo país que o Serviço Nacional de Saúde corre o risco de ficar sobrecarregado em 21 dias. 

"As próximas semanas serão as mais difíceis, mas realmente acredito que estamos entrando na última fase da luta, porque a cada vacina em nossos braços, estamos jogando as probabilidades contra a Covid-19 e a favor do povo britânico", disse Johnson.

O Reino Unido foi um dos países mais atingidos pela Covid-19. Só na Inglaterra, cerca de 27 mil pessoas estão hospitalizadas por conta da doença. 

De acordo com dados oficiais do governo britânico, 75 mil pessoas morreram no Reino Unido desde o início da pandemia. Atualmente, o país passa por um processo de vacinação em massa, utilizando os imunizantes feitos pela Pfizer/BioNtech e Oxford, em parceria com a AstraZeneca. Mais de 1 milhão de pessoas já receberam a primeira dose.

O Reino Unido foi o primeiro país a alertar a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a nova variante do coronavírus. Segundo os especialistas, a nova cepa é 56% mais contagiosa. 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem