SEM LIMITES: Casal é suspeito de torturar idosa e roubá-la em mansão em Guarapari (ES) - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

12 fevereiro, 2021

SEM LIMITES: Casal é suspeito de torturar idosa e roubá-la em mansão em Guarapari (ES)


Uma jovem de 18 e um adolescente de 17 anos foram detidos ontem de manhã pela Polícia Civil no Espírito Santo. De acordo com a polícia, o casal é suspeito de torturar e agredir uma idosa para roubá-la, dentro de uma mansão em Guarapari.

 Eles teriam se aproximado como vizinhos para cometer o crime. A idosa - que morava sozinha - está internada no Hospital de Urgência e Emergência São Lucas. O estado de saúde dela é estável.

De acordo com o boletim de ocorrência, após várias diligências a polícia encontrou os dois suspeitos em uma casa em Ponta da Fruta, Vila Velha. Quando chegaram ao local, os dois tentaram fugir da residência. 

"Ao conter a fugitiva, seguimos ao interior da residência onde abordamos o outro fugitivo que estava saindo do banheiro; quando houve resistência e utilizamos meios moderados da força para conter o fugitivo até algemá-lo", consta no boletim.

O documento ainda revela a informação de que a suspeita tinha escoriações pelo corpo, bem como um corte na região lombar causado por corte nos arames farpados durante sua tentativa de fuga. 

O casal foi levado para atendimento médico. A jovem e o adolescente, depois de liberados da Unidade de Pronto Atendimento, foram levados para a Delegacia de Guarapari. Em depoimento, eles confessaram a autoria do crime.

Para a polícia, a mulher teria arquitetado todo o crime. O objetivo era torturar a idosa para que ela entregasse objetos de valor, como joias e dinheiro guardado dentro de casa. Ambos devem ser indiciados por tentativa de latrocínio - roubo seguido de morte - e já estão em presídios do estado.

As agressões no dia do crime 

A idosa de 62 anos foi encontrada na tarde do dia 29 de janeiro. O local estava todo revirado, existia sangue em vários cômodos e a mulher estava com um fio enrolado no pescoço sem conseguir falar. No boletim de ocorrência do caso, a Polícia Militar atestou a informação de que no corpo da vítima existiam "marcas de múltiplas facadas". 

De acordo com o delegado que investiga o caso, Guilherme Eugênio, os suspeitos se mudaram há poucos meses para o bairro. E teriam tido acesso à residência, se passando por "bons vizinhos".

"O casal tentou roubar quatro televisores e diversos outros objetos, eles levaram até o veículo da vítima e, na tentativa de fuga, colidiram com esse veículo, ainda, na garagem da residência. O casal fugiu a pé com um dos televisores e o controle do portão eletrônico, que foram recuperados", explicou o delegado. 

Nas buscas para encontrar os envolvidos no crime, a equipe da Delegacia de Investigações Criminais de Guarapari conseguiu identificar os autores e encontrar e na residência deles, alguns dos objetos, que, poucos instantes antes, haviam sido roubados da vítima. A Polícia Civil então pediu a prisão temporária do casal ao juiz da segunda vara criminal da cidade, que acabaram detidos.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco