Suspeito de envolvimento na morte de vereador é morto em confronto com a polícia em Candeias


 Um homem suspeito de participar da morte do vereador André Luiz Ferreira de Araújo (PP), conhecido como Júnior CCA, da cidade de Candeias, na região metropolitana de Salvador, foi morto em confronto com a polícia na noite deste sábado (13). 

O vereador morto a tiros no bairro Sarandi, na noite do dia 24 de janeiro. Outras cinco pessoas ficaram feridas, incluindo a esposa da vítima. 


De acordo com informações obtidas pela reportagem, Willian da Conceição dos Santos, de 24 anos, estava no bairro Santo Antônio, em Candeias, acompanhado de vários suspeitos de tráfico de drogas, quando uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) chegou ao local. 

O grupo tentou fugir, mas foi cercado pelos PMs em  uma área de matagal. Houve troca de tiros e na ação, um policial foi atingido por uma bala na região da cabeça. William também foi baleado, chegou a ser socorrido para o Hospital Ouro Negro, mas não resistiu. O policial também foi levado para a unidade de saúde onde ficou em observação. Não detalhes sobre o estado de saúde dele.

Na ação, os policiais apreenderam um revólver, munições, trouxas de maconha, porções de cocaína, um relógio e um aparelho celular.

Willian já respondia por outros crimes e chegou a ficar preso no Conjunto Penal de Lauro de Freitas de onde fugiu no ano passado.

O crime

O vereador Júnior CCA morto a tiros no bairro Sarandi, na noite do dia 24 de janeiro. Outras cinco pessoas ficaram feridas, incluindo a esposa da vítima. 

Ele estava em um bar próximo à casa dele. Segundo a prefeitura da cidade, homens chegaram atirando e o vereador foi baleado. Ainda não há informações se ele era alvo dos tiros.

O vereador chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), assim como os outros feridos, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Júnior CCA tinha 38 anos e estava no primeiro mandato.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem