Em Conceição do Jacuípe, Bolsonaro diz que está chegando hora de 'novo grito de independência' e ' bandeira jamais será vermelha'

Redação por Eduarda Vitorino/ Portal Bereu News

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou por volta das 11h na Bahia, para entregar a duplicação da BR-101, em Conceição do Jacuípe. As obras foram iniciadas em 2014, ainda no primeiro mandato da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). São 165 km de duplicação da pista.


Sem máscara, ele chegou em carro aberto, desceu com a comitiva e cumprimentou apoiadores, inclusive uma criança. Em um discurso rápido, com aglomeração de correligionários e defensores do presidente, Bolsonaro defendeu a quantidade de pessoas ali presentes. “Evento como esse sem povo, não existe. Ali tem uma placa que diz que o povo tá com Bolsonaro. Mas eu é que tô com o povo. Faremos sempre o que o povo quiser”, afirmou. 


Acompanharam o presidente, o ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, pasta responsável pela obra, o ministro da Cidadania, João Roma , o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, e demais deputados. Uma multidão também esperou o presidente e entoaram frases como "mito" e " Eu Sou Brasileiro com Muito Amor".


O presidente também aproveitou a oportunidade para dizer que está sempre do lado do povo e criticou, dizendo que alguns governadores estão impondo a ditadura neste momento de pandemia, ao fecharem o comércio e determinarem que o povo fique em casa.

Ele declarou que a culpa da destruição de milhões de empregos não é do governo federal e que o suplício está acabando.

“A nossa bandeira não será vermelha, jamais será vermelha. Podem ter certeza disso e quero dizer que está chegando a hora, de o Brasil dar um novo grito de independência. Podem ter certeza que esse suplício está chegando ao fim. Brevemente voltaremos a normalidade com o apoio de todos. Sempre estaremos juntos em defesa da nossa pátria e da nossa liberdade”, declarou.


Bolsonaro disse que sempre tratou o vírus com responsabilidade, embora durante o período da pandemia tenha promovido aglomeração e desacreditado a eficácia das vacinas, defendendo remédios sem comprovação científica para o tratamento da covid-19. 


“Nós tratamos a questão do vírus com muitas responsabilidade. Mas sempre disse que temos que preocupar com a questão do desemprego. Não foi o governo federal que obrigou vocês a ficarem em casa. Esse suplício está chegando ao fim”, afirmou.


Com informações do repórter Joab Vitorino que acompanhou o evento no local. 


Presidente Jair Bolsonaro em Conceição do Jacuípe para inaugurar um trecho da duplicação BR-101. Vale ressaltar que esta é a primeira vez que um presidente visita o município.

Publicado por Bereu news em Segunda-feira, 26 de abril de 2021



Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem