Ministro João Roma projeta lançamento do novo Bolsa Família para agosto 'após o fim do auxílio emergencial'


O ministro da Cidadania, João Roma, em entrevista, projetou que em agosto para o governo federal lançar a nova reformulação do programa Bolsa Família, logo após o fim do auxílio-emergencial.


"Buscamos dar uma estruturada para ampliar programas sociais para que tenha significado para essa população. Que sirva não só como teia de proteção para os mais vulneráveis, como também consiga através da ampliação e fortalecimento do programa social, buscar a emancipação do cidadão. Buscar que o cidadão tenha possibilidade de encontrar em êxito em sua trajetória. Perceber no Estado um suporte para que supere desafios", disse.


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem sido pressionado pelo Congresso a acelerar o processo de criação de um programa social que substitua o auxílio emergencial. Na semana retrasada, congressistas governistas alertaram o presidente que caso a ampliação do Bolsa Família, iniciativa planejada pelo ministro Paulo Guedes (Economia), não seja viabilizada até julho, eles passarão a defender em público que o auxílio emergencial seja prorrogado até novembro.


O secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Luiz Galvão, já havia confirmado que a pasta deverá promover uma reformulação no programa Bolsa Família  para que ele se torne "ainda mais efetivo como política pública e possa alcançar ainda mais famílias".


*Informações: BNews 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem