MALDADE: Homem sequestra, estupra e mata menina de seis anos em Aracaju

 

Um crime bárbaro cometido contra uma criança de seis anos chocou a população do bairro de Santa Maria, em Aracaju. Um homem, de 42 anos, que não teve o nome revelado pela polícia é acusado de sequestrar, estuprar e matar a menina Lorrany Kethilly Santos. O corpo dela foi encontrado na quinta-feira (21), no Morro do Avião, no bairro Santa Maria, um dia após o seu desaparecimento. O sepultamento ocorreu por volta das 10 horas da manhã de sexta-feira (22), no Cemitério São João Batista, na capital sergipana.

O suposto autor do crime confessou e disse que encontrou a vítima na rua e a levou para sua residência, onde realizou os abusos e depois a estrangulou. Quando ele foi preso, na quinta, a população tentou invadir a 9ª Delegacia Metropolitana (9ª DM), para onde ele havia sido levado. Durante a confusão, veículos, incluindo viaturas policiais, foram depredados. Na sexta, a Justiça converteu a prisão dele em preventiva. Também no mesmo dia, a casa dele, localizada no mesmo bairro onde a vítima morava, foi invadida e destruída por populares.

A polícia chegou até o autor do crime após análises de câmeras de segurança. Ele estava próximo ao local onde o corpo da menina foi encontrado. “Ele admitiu que matou a criança por esganadura e afirma que a encontrou na frente do trabalho dele, na rua que ela morava. Na casa dele houve contatos íntimos que já configurariam o estupro”, disse o delegado Mário Leony.

Depois, o homem a levou para o local onde cometeu o crime. “Passou cerca de uma hora e de lá convidou para ver a vista da cidade no morro. E foi lá onde ele findou por executá-la. Provavelmente porque a menina poderia relatar o assédio que vinha sofrendo. A vítima já havia relatado para uma pessoa próxima da família e por isso ele a executou. Após a esganadura a jogou no morro, em um lugar muito ermo, mas a comunidade se solidarizou com a família e findaram por encontrar o corpo da criança”, acrescentou.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP-SE), o homem será indiciado por ocultação de cadáver, sequestro, estupro de vulnerável e homicídio qualificado.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem