Homens armados decretam toque de recolher em parte do bairro de São Cristóvão - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

18 novembro, 2021

Homens armados decretam toque de recolher em parte do bairro de São Cristóvão

Ordem ocorre um dia após ao assassinato de Tiago Souza (foto) que teria envolvimento com o crime na região



Bandidos armados circularam por algumas ruas do bairro de São Cristóvão na manhã desta quinta-feira (18) e mandaram os comerciantes fecharem os estabelecimentos. O toque de recolher ocorre após a morte de um homem identificado como Tiago Souza dos Santos (foto), 34 anos. Ele foi assassinado na noite desta quarta-feira (17) quando estava dentro de seu carro, na Rua Doutor Pedro Cachoeira, em São Cristóvão. Tiago recebeu mais de 20 tiros e chegou a ser levado para o Hospital Aeroporto, mas não resistiu.

Segundo informações da 49ª CIPM (São Cristóvão), o pai da vítima informou que o filho era envolvido com o crime.

 De acordo com moradores, os estabelecimentos comerciais nas ruas internas do bairro permanecem fechados. Apenas o comércio na Avenida São Cristóvão, via principal do bairro, segue funcionando normalmente. “Na principal está com policiamento e está tudo aberto, mas nas ruas internas está tudo fechado, a exemplo da Rua da Adutora”, conta um morador em condição de anonimato. “É uma situação chata, constrangedora porque a pessoa fica refém. Os caras passaram dando tiro pra cima mandando fechar. Quem vai desrespeitar?” questiona o mesmo morador.

Por meio de nota, a PM informou que, por volta das 08h, policiais militares da 49ªCIPM foram acionados após receberem uma denúncia, de um suposto toque de recolher, na Rua Santo Agostinho em São Cristóvão. “Os militares realizaram rondas na região, e nenhuma anormalidade foi constatada no local”, diz trecho da nota.

A PM ainda orienta a população a passar informações sobre criminosos pelo 190 ou pelo disque denúncia (181).

A Polícia Civil disse, por meio de nota, que a 1ª DH/Atlântico investiga a morte, mas sequer tem a identificação formal ainda da vítima. A autoria e motivação ainda são desconhecidas.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco