Quer uma democracia? Mantenha a imprensa livre e ativa - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

18 novembro, 2021

Quer uma democracia? Mantenha a imprensa livre e ativa

Uma forte democracia incentiva uma imprensa livre — uma que mantém o público informado, permite uma diversidade de vozes e responsabiliza os líderes.

Há tanta notícia ao nosso redor — na internet, na tevê, no rádio e em jornais — que é fácil esquecer do importante papel que os jornalistas desempenham.

 

Nos EUA, a imprensa é às vezes chamada de quarto poder do governo. Embora os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário sejam legalmente apenas três, a frase enfatiza o papel que a mídia de notícias exerce em monitorar as operações do governo e responsabilizar os líderes.

Uma importante função da imprensa é informar: para ajudar os cidadãos a compreender os muitas vezes complicados processos do governo, e conscientizar as pessoas de como as decisões tomadas nos níveis mais altos as afetarão.


A imprensa também permite que as pessoas expressem e ouçam opiniões diferentes das pessoas que estão no poder. Relatar as opiniões de líderes de oposição e publicar editoriais críticos das atividades governamentais possibilitam uma diversidade de vozes. Líderes comprometidos com a democracia provavelmente não gostam que suas políticas sejam desafiadas publicamente, mas defenderão o direito da imprensa de fazê-lo.



A imprensa tem um importante papel de supervisão, às vezes expondo a corrupção. É precisamente porque a imprensa está fora do governo que ela pode informar o público quando seus líderes não estão cumprindo as promessas que fizeram para serem eleitos.

Quando os jornalistas são ameaçados, atacados, censurados ou presos, é um ataque direto à liberdade de expressão de uma sociedade.

Uma democracia forte incentiva uma imprensa livre. Um governo que se coloca em oposição à sua imprensa cria um clima no qual os jornalistas podem se censurar por medo, em vez de um em que, como o ex-juiz da Suprema Corte William Brennan disse, o debate sobre questões públicas é “desinibido, robusto e amplo”.



A imprensa tem um importante papel de supervisão, às vezes expondo a corrupção. É precisamente porque a imprensa está fora do governo que ela pode informar o público quando seus líderes não estão cumprindo as promessas que fizeram para serem eleitos. Quando o secretário de Estado, John Kerry, discursou no início deste ano (2020) na abertura oficial do novo prédio do Washington Post, ele percebeu que o jornal exibia a frase “nem mesmo o presidente dos Estados Unidos está acima da lei”. A publicação ajudou a expor o escândalo de Watergate durante o governo do presidente Richard Nixon nos anos 1970.



Quando os jornalistas são ameaçados, atacados, censurados ou presos, é um ataque direto à liberdade de expressão de uma sociedade. A cada ano HumanRights.gov destaca jornalistas perseguidos com a campanha “Liberte a Imprensa”*.

Uma democracia forte incentiva uma imprensa livre. Um governo que se coloca em oposição à sua imprensa cria um clima no qual os jornalistas podem se censurar por medo, em vez de um em que, como o juiz da Suprema Corte William Brennan disse, o debate sobre questões públicas é “desinibido, robusto e amplo”.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco