Presidente Bolsonaro compara catástrofe no Sul da Bahia com decisão que Rui Costa tomou na pandemia

O presidente Jair Bolsonaro comparou neste domingo (12) a catástrofe no extremo-sul da Bahia provocada pelas fortes chuvas com a decisão que o governador da Bahia, Rui Costa, tomou ao fechar o comércio durante o pico da pandemia do coronavírus, em 2020.


O presidente respondeu a uma pergunta emocionada de uma repórter, que pediu detalhes do investimento federal na ajuda às cidades atingidas pela chuva na região.


"Também tivemos catástrofe ano passado, quando muitos governdores, o pessoal da Bahia, fechou todo o comércio e obrigou o povo a ficar em casa. O povo, grande parte informais, foi condenado a morrer de fome dentro de casa. O governo federal atendeu a todos com o auxílio emergencial", afirmou.


Bolsonaro e o ministro da Cidadania, João Roma, iniciaram, por volta das 10h da manhã deste domingo, um sobrevoo às áreas atingidas pelas fortes chuvas no sul e extremo sul da Bahia. Também participaram os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho e da Saúde, Marcelo Queiroga.


Ao desembarcar na cidade de Itamaraju, Bolsonaro foi ovacionado por um grupo de apoiadores. Ele distribuiu acenos em cima de uma caminhonete, e depois seguiu andando, cumprimento os presentes.


Quem também esteve presente na cidade foi o governador da Bahia, Rui Costa. Ao lado do senador Jaques Wagner (PT), o governador da Bahia, Rui Costa, sobrevoou neste domingo áreas atingidas pelas chuvas no extremo-sul baiano.


As fortes chuvas que atingem o sul e o extremo sul da Bahia também causaram prejuízos a moradores e lojistas de Ilhéus, a 311 Km de Salvador.


Na sexta (10), o corpo de uma menina de 14 anos foi encontrado próximo ao Rio Caraíva. A adolescente estava desaparecida desde a quinta-feira (9), quando a região passava por um apagão e interrupção no fornecimento de água, devido às fortes chuvas.


No mesmo dia, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, usou seu perfil no Twitter para informar que uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU) foi publicada reconhecendo a situação de emergência de 17 município na Bahia.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem