Polícia prende suspeito de matar adolescente em Caraíva - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

6 de jan. de 2022

Polícia prende suspeito de matar adolescente em Caraíva

Policiais civis prenderam um homem suspeito de envolvimento na morte da adolescente Nayra Gatti, 14 anos, no distrito de Caraíva, em Porto Seguro, foi preso nesta quinta-feira (6), após o Poder Judiciário acatar o pedido de prisão temporária feito pela 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis). A vítima foi encontrada com lesões de violência sexual no dia 10 de dezembro de 2021.


A prisão foi solicitada depois de a Polícia Civil ter acesso a áudios deixados por um outro homem - também investigado -, que se suicidou na quarta-feira (5).  Na declaração, ele afirma que o suspeito preso nesta quinta estava bebendo e usando entorpecentes próximo à garota, antes do crime. “No áudio, ele diz o nome do suposto autor. Em parceria com a PM, conseguimos localizar o homem e interrogá-lo. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) também colheu o material genético dele para averiguação, e representamos pela prisão, que foi concedida pelo Plantão Judiciário. Ele se apresentou na delegacia acompanhado de advogados logo após a decisão do juiz”, disse o coordenador da 23ª Coorpin, delegado Moisés Damasceno.


O homem que se suicidou também é suspeito do crime. “Antes de tirar a própria vida, ele negou qualquer envolvimento e aceitou fornecer o material genético para ser comparado com o que foi coletado na vítima. Ele levantou suspeitas da polícia após sair do distrito no mesmo dia que o corpo da jovem foi encontrado, como se estivesse fugindo. Estamos no aguardo do resultado dos exames para confirmar”, explicou o delegado.


O corpo de Nayra foi encontrado às margens de um rio, 24 horas após desaparecer durante um blecaute. No corpo, vestido por peças mal abotoadas, havia sinais de estrangulamento, além de ferimentos nas pernas e pescoço. Nayra estava na companhia do pai, na noite de quinta-feira (9), quando avisou que voltaria para casa, na Aldeia Xandó — uma caminhada de aproximadamente dez minutos, mas não retornou.


O preso segue custodiado na delegacia  e posteriormente será encaminhado para o Sistema Prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO