Se ligue! Concurso do IBGE recebe inscrições até esta sexta-feira; são mais de 200 mil vagas de trabalho temporário


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) recebe até esta sexta (21/1) as inscrições para o concurso que prevê 206.891 vagas de trabalho temporário nas operações do Censo Demográfico 2022. Há oportunidades para recenseadores e agentes censitários.

Mais de 900 mil inscrições foram realizadas até o final da manhã desta última segunda-feira (17/1), segundo o instituto. O IBGE pretende alcançar pelo menos 1 milhão de participantes e espera um ritmo maior de adesões na reta final do prazo do processo seletivo.

 

As inscrições podem ser feitas até as 16h desta sexta  no site da organizadora do concurso: Fundação Getulio Vargas(FGV). O Censo é considerado o levantamento mais detalhado sobre as características demográficas e socioeconômicas do país. As informações apuradas servem como base para políticas públicas e podem influenciar até decisões de investimento de empresas em determinadas regiões.

As 206.891 vagas de trabalho temporário são divididas da seguinte forma: 183.021 para recenseadores, 18.420 para a função de ACS (agente censitário supervisor) e 5.450 para a tarefa de ACM (agente censitário municipal).

 

No caso dos recenseadores, a estimativa de duração dos contratos é de até três meses, com possibilidade de prorrogação. Para os agentes censitários, o prazo previsto é de cinco meses e também há chance de prorrogação.

 

EXIGÊNCIAS

Na seleção de recenseadores, os candidatos precisam ter ensino fundamental completo. Esses profissionais vão atuar diretamente na coleta de informações do Censo em mais de 70 milhões de domicílios espalhados pelo Brasil, afirma o IBGE. Os salários dos recenseadores serão variáveis, de acordo com a produção (quanto mais entrevistas fizer, mais recebe). É possível simular a remuneração no site do Censo 2022. A carga horária semanal é indicada em 25 horas de trabalho.

Já as vagas de ACM e ACS são de nível médio. Os salários são de R$ 2.100 e R$ 1.700, respectivamente.

 

Com remuneração maior, o ACM gerencia o trabalho dos postos de coleta de informações do Censo. Enquanto isso, o ACS, subordinado ao ACM, tem como principal função orientar os recenseadores durante a execução das atividades de campo.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem