Turista carioca deixa Salvador após postar vídeo sobre abordagem de ambulantes

Kadu Pacheco, de 28 anos, contou que gastou R$ 119 em coisas que "não queria" por causa das abordagens dos ambulantes

O turista Kadu Pacheco deixou Salvador após um vídeo em que relatava sua experiência com a abordagem de ambulante viralizar. O carioca afirmou ao g1 Bahia que se assustou com a repercussão da sua história. 

 

"A maioria das pessoas brincou também, muita gente falou que já passou pela mesma coisa, incluindo pessoas aqui de Salvador. Mas algumas pessoas ficaram chateadas, me mandaram voltar para o Rio, teve gente que me chamou de 'desgraçado', que levou pro lado negativo, mas não era essa a intenção", disse ao portal.

Nos vídeos, Kadu conta que gastou R$ 119 no Farol da Barra por causa das abordagens dos ambulantes. Segundo ele, o vídeo foi gravado com a intenção de mostrar aos amigos o quanto ele era "trouxa".

 

"Eu faço vídeos de comédia, brincando com as coisas que vivo. Quando passei por essa situação, resolvi gravar. Zombei sobre o quanto sou trouxa, porque fiquei todo pintado, com um colar no pescoço. Não foi pra falar de mal do trabalho dos ambulantes, nem nada nesse sentido. Foi só pra zoar mesmo, e também para alertar as pessoas", explicou.

O turista ficou em Salvador durante quatro dias e diz que ficou apreensivo com a situação envolvendo os ambulantes. "O cara começou tranquilo, colocou a pulseirinha do Bonfim no meu braço e falou para eu fazer três pedidos. Disse que era um presente. Em seguida, ele colocou um colar no meu pescoço e disse que era presente também. Aí as coisas foram acontecendo: ele falou que eu tinha que comprar, eu disse que não queria nada daquilo e ele ficou agressivo, me intimidou".

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem