Após cancelamento do Carnaval, Bruno Reis anuncia auxílio de 2 salários mínimos para profissionais da cultura


Após anunciar na última quarta-feira (2/2) que a Prefeitura enviaria à Câmara de Salvador um projeto de lei para promover um novo auxílio financeiro a profissionais do setor cultural, principalmente depois do cancelamento do Carnaval, o prefeito Bruno Reis (DEM) afirmou nesta sexta-feira (4/2) que o intuito do benefício é pagar dois salários mínimos aos trabalhadores.


"O universo é pouco mais de 6 mil pessoas, o desejo da prefeitura é pagar dois salários mínimos. No ano passado, nós pagamos um salário mínimo. Minha ideia agora é dobrar. Para isso eu estou fazendo captação de apoio da iniciativa privada", disse o democrata, durante coletiva de imprensa para anúncio de abertura de novos leitos de UTI e clínicos no Hospital Martagão Gesteira. 


De acordo com o chefe do Palácio Thomé de Souza, o intuito é pagar o auxílio antes da data oficial do Carnaval, que, em condições normais, teria início no dia 24 deste mês. Caso não haja apoio da iniciativa privada, o auxílio será custeado pela Prefeitura.


"Estamos em tratativas com a Ambev e outros parceiros para que possam ajudar a assumir essa conta. Caso a gente consiga parte desses recursos, isso ameniza os investimentos públicos”, explicou o prefeito.


Até o momento, o texto não foi protocolado no sistema da Câmara, onde precisa ser aprovado pelos vereadores para, então, ser sancionado por Bruno Reis. 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem