Vereador agride filha com socos e ameaça policiais


Um vereador do município de Jacuí, no sul de Minas Gerais, foi preso na última segunda (31/1), após agredir a filha de 23 anos com socos, e ameaçar policiais militares com uma faca.


Célio Batista da Silva (PSDB), de 55 anos, que também é vice-prefeito da cidade, agrediu a filha na casa da família, e também ameaçou o namorado dela, de 31 anos.


A Polícia Militar foi acionada por volta das 19:00h e encontrou o parlamentar exaltado com uma faca nas mãos. Ele estava alcoolizado.


Ainda de acordo com informações, ao perceber que seria preso, o vereador teria partido para cima de um policial que precisou imobilizá-lo para contê-lo. Na confusão, o homem acabou se ferindo.


Ele foi socorrido para um hospital e recebeu voz de prisão por lesão corporal contra a filha. A jovem também foi socorrida com uma lesão no lábio superior e no nariz.


Além da violência contra a filha, Célio também responderá por desacato, ameaças e agressões contra os policiais militares.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem