Acusado de espancar, estuprar e matar enteada de quatro anos é sentenciado a 28 anos de prisão


Um homem identificado como Cleiton Jesus dos Santos foi condenado pelo Tribunal do Júri da comarca de Camaçari, a 28 anos de prisão. Segundo a acusação sustentada pela promotora de Justiça Anna Karina Omena, Cleiton espancou e estuprou a enteada de apenas quatro anos de idade, causando-lhe a morte.


A sentença foi proferida na segunda-feira (7/3), mas o crime ocorreu em fevereiro de 2021. O júri considerou que ele cometeu os crimes de homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel e mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima, além estupro de vulnerável. 


A promotora relatou que os crimes foram cometidos no interior da residência da vítima, no bairro Lama Preta, em Camaçari. O padrasto esperava a mãe sair para trabalhar e deixar a criança sob os cuidados dele. 


A criança chegou a ser levada pelo próprio suspeito a um posto de saúde, com traumas devidos a agressão, sendo transferida ao Hospital Geral de Camaçari (HGC) e depois ao Hospital Geral do Estado (HGE). A vítima morreu dias depois por conta dos ferimentos que lhe foram causados.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem