Header Ads

Policiais Civis da Bahia decretam greve geral por 72 horas


Os Policiais Civis da Bahia decretaram greve geral de 72 horas a partir de sexta-feira (25). Com isso, neste período, está suspenso todo e qualquer serviço inerente aos Policiais Civis da Bahia. 


De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), os agentes tentavam há mais de um ano uma negociação com a gestão sobre salário de nível superior conforme previsto na Lei Orgânica da Polícia Civil do Estado da Bahia, nº 11.370/2009, em seu artigo 46, parágrafo 1º, sem sucesso. 


Segundo o Sindpoc, o ponto alto da crise entre os policias e estado aconteceu após o governo descumprir a decisão judicial de não abrir uma mesa para diálogo com os servidores.


“A todo instante nós do sindicato estávamos avisando que o clima era tenso dentro das delegacias, entre os PCs era para deliberar a greve imediata. No entanto, acreditamos nos conseguiríamos negociar com Rui Costa, o ato do governo descumprir a decisão judicial de conversar conosco nos revoltou profundamente”, explica o presidente do sindicato, Eustácio Lopes. 


Em nota, a Sesab informou que as tabelas salariais das carreiras estão atreladas aos cargos. Confira na integra.


"A lei n° 11.370/2009, que instituiu a nova Lei Orgânica da Polícia Civil do Estado da Bahia, estabeleceu que o ingresso nas carreiras de investigador, escrivão e perito técnico por meio de concurso público tem entre as exigências a comprovação de nível superior. Entretanto, a lei não estabeleceu a equiparação remuneratória para as diferentes carreiras e cargos que integram esse Grupo Ocupacional. Além disso, as tabelas salariais das carreiras estão atreladas aos cargos e seus valores observam a natureza da atividade, o grau de responsabilidade e de complexidade, como orienta o artigo 39 da Constituição Federal."

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.