Header Ads

Professor leva churrasqueira para escola e queima máscaras na sala após decreto de flexibilização


Um professor de uma escola pública de São Paulo levou para a escola em que trabalha uma churrasqueira para que ele e alunos queimassem as máscaras de proteção contra a Covid-19 na sexta-feira (18/3). O ato foi em comemoração a a liberação do uso de máscaras no estado, decretado na última quinta-feira (17/3).

Um dos estudantes, animado com a queima, registrou o momento e publicou nas redes sociais. Na gravação, é possível ver o momento em que o professor joga álcool em uma pilha de máscaras que estava dentro da churrasqueira, enquanto os alunos comemoram a atitude. “Ae, professor coloca fogo!”, grita um. “Estamos livres desse coronavírus”, completa.


Segundo o portal Metrópoles, tudo aconteceu na Escola Estadual Francisco de Paulo Vicente Azevedo, no Jardim Ângela. Em nota ao site, o sindicato dos professores do estado diz repudiar a atitude do professor.

“A Apeoesp Santo Amaro, sindicato das professoras e professores, vem através desta nota repudiar com veemência a atitude de um professor de uma escola pública estadual localizada na Zona Sul. No vídeo recebido pelo sindicato, crianças são incentivadas a queimarem máscaras jogando-as dentro de uma churrasqueira. Máscaras salvam vidas, fazem parte de protocolo de proteção. Achamos, inclusive, que o Governo do estado erra ao liberar o uso de máscaras nas escolas. Pediremos a apuração dos fatos a Gestão da escola, Diretoria de Ensino e SEDUC", diz o órgão.



ASSISTA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.