Rui pede paciência sobre retirada da máscara e alerta para subnotificações de casos de Covid-19 na Bahia


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), pediu paciência sobre a flexibilização do uso de máscaras no estado. Em publicação no Twitter, nesta terça-feira (29/3), o petista disse que “o coronavírus ainda está circulando” e demonstrou preocupação com possíveis subnotificações.

“Os municípios não estão mais testando, logo, o número é ainda maior [de casos]. Vamos ter calma e esperar que os números baixem mais antes de desobrigarmos o uso de máscaras”, afirmou.

Até às 12h30 desta terça, dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) apontavam que, na Bahia, havia 1.275 casos ativos da Covid-19, com 134 internado em leitos de UTI, tanto pediátricos quanto adultos.

 

A publicação de Rui é uma resposta às pressões sofridas para desobrigar o uso do equipamento de segurança. Na última semana, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (UB), disse que “não faz mais sentido” obrigar a utilização do EPI na cidade, e afirmou que comunicaria a opinião ao Governo do Estado.

Na última segunda-feira (28/3), Feira de Santana, segunda maior cidade baiana, foi a oitava cidade do estado a anunciar a desobrigação em ambientes aberto. A informação foi divulgada pelo prefeito Colbert Martins (MDB). 

 

Veja abaixo a lista de cidade que já desobrigou oficialmente o uso de máscaras em ambientes aberto:

•    Eunápolis
•    Feira de Santana
•    Itanagra
•    Mata de São João
•    Porto Seguro
•    Santo Antônio de Jesus
•    São Gonçalo dos Campos
•    Vitória da Conquista

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem