Últimas Notícias


PM é investigado por suspeita de prometer celulares a garotas de 14 anos em troca de sexo

Dois Boletins de Ocorrência (B.O) foram registrados sobre esse caso no Ceará



A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) abriu um procedimento administrativo para investigar a conduta de um soldado da Polícia Militar do Ceará (PMCE) suspeito de estupro de vulnerável. Conforme denúncia, o PM teria prometido a duas adolescentes de 14 anos aparelhos celulares para que mantivessem relações sexuais com ele. O caso foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nessa quinta-feira, 7.

De acordo com a publicação do DOE, a denunciante, parente de uma das vítimas, afirma que houve o estupro de vulnerável no dia 25 de setembro de 2021, no bairro Granja Portugal, em Fortaleza. Dois Boletins de Ocorrência (B.O) foram registrados sobre esse caso, e o inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), da Polícia Civil do Ceará (PC-CE), no último dia 15 de dezembro de 2021.

O Processo Administrativo Disciplinar (PAD) vai apurar "as condutas transgressivas que lhes são atribuídas, bem como a sua incapacidade moral para permanecer no serviço ativo da Polícia Militar do Ceará", informa a publicação do DOE.

O soldado é um dos agentes de segurança que foram recebidos pelo comando geral da PMCE após ter participado de ações meritórias. Em 2019, ele pertencia ao 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Uma comissão avaliaria se os militares ali presentes receberiam promoções ou concessão de medalha por bravura em razão das suas ações.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem