Sobe para 40 número de possíveis vítimas de estupro por falso líder religioso na Bahia

Claudemir Ferreira Rodrigues se passava por pai de santo




O número de possíveis vítimas de Claudemir Ferreira Rodrigues subiu para mais de 40, segundo o delegado de Barra, Jenivaldo Rodrigues, que investiga o caso. A informação é da TV Oeste.


Claudemir foi preso na última terça (24) por suspeita de estuprar jovens de 12 a 18 anos na cidade. Ele se passava por pai de santo e usava nomes de entidades para cometer os abusos sexuais contra as vítimas, segundo a investigação. 


Desde que Claudemir foi preso, quatro pessoas já foram ouvidas na delegacia. Ele também já prestou depoimento e deve responder por fraude e estupro de vulnerável. A investigação continua. 




"Para manter as meninas presas à rotina, o suposto líder espiritual dizia que realizava esses trabalhos para que elas evoluíssem espiritualmente”, afirmou na ocasião o delegado.


A casa onde acontecia o crime ficava em um ponto afastado da cidade, permitindo que ele agisse sem levantar mais suspeitas.  Ainda de acordo com o titular, as adolescentes eram atendidas individualmente dentro de um quarto, onde tinham seus olhos vendados e tinham que tirar peças de roupas para ficar nuas, por determinação dele.  Os crimes já aconteciaram há 4 anos.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem