Header Ads

De olho na liderança da Série B, Bahia encara a Chapecoense na Fonte Nova

Esquadrão entra em campo nesta terça-feira (14), às 19h



Sem tempo a perder, o Bahia tem um novo compromisso na Série B. Nesta terça-feira (14), o tricolor enfrenta a Chapecoense, às 19h, na Fonte Nova, em jogo que abre a 13ª rodada. Além de três pontos, a partida contra a Chape vale a liderança da competição.


Depois de seis rodadas, o Esquadrão pode voltar a ocupar o posto mais alto da tabela por pelo menos dois dias. O Bahia tem 25 pontos e está na vice-liderança, com três  pontos a menos do que o líder Cruzeiro. Por isso, basta vencer a Chapecoense para assumir o primeiro lugar.


Nesse cenário, o time baiano empatará com os mineiros em números de pontos e vitórias, mas ultrapassará o concorrente no saldo de gols, que hoje é igual. O Cruzeiro entra em campo apenas na quinta-feira, contra a Ponte Preta, no Mineirão.



Ser líder não seria algo inédito para o Bahia. Este ano, o time liderou o torneio em cinco das 12 rodadas. Esteve no topo entre a 1ª e a 4ª e depois na 6ª. Desde então, o Cruzeiro dominou a parte de cima. Mas a derrota do time celeste para o Vasco, por 1x0, domingo, abriu brecha para a chegada do Esquadrão.


O Bahia, mais uma vez, aposta na força da Fonte Nova para conquistar o triunfo hoje. O tricolor venceu todos os seis jogos que fez no estádio na Série B e tem 100% de aproveitamento como mandante. Ainda vem motivado pela vitória por 1x0 fora de casa sobre o Operário-PR.


Já a Chapecoense vem de derrota de virada para o Criciúma, em casa, por 3x2, e está na zona de rebaixamento, em 18º lugar, mas tem o segundo melhor aproveitamento como visitante da Série B. O alviverde venceu duas e empatou quatro das seis partidas no campo do adversário, um aproveitamento de 55%, além de invicto. Para se ter ideia, 10 dos 12 pontos que o clube tem foram conquistados fora de casa.


“É um time que sabe jogar bem a competição. Ela tem uma campanha forte fora de casa, mas nós temos uma campanha forte em casa. Já sabemos qual a chave para vencer em casa, a torcida vai nos apoiar e acredito que se a gente mantiver a pegada vamos conseguir o triunfo”, diz o volante Emerson Santos.


A expectativa é que a Fonte Nova tenha mais uma noite de bom público. Até ontem, 20 mil ingressos estavam garantidos, de acordo com parcial informada pelo clube. A conta inclui os ingressos vendidos e os sócios com acesso garantido. Vendas no site e na bilheteria sul da Fonte Nova, além das lojas Turma Tricolor (Multishop Boca do Rio e Shopping Piedade).


Escalação

Com pouco tempo para ajustar a equipe, Guto Ferreira não deu muitas pistas se vai mexer na escalação. O treinador tem o retorno do volante Patrick, que cumpriu suspensão contra o Operário. A tendência é que ele volte na vaga de Emerson Santos.


Por outro lado, Guto ainda não contará com o volante Rezende e o atacante Marco Antônio, lesionados na coxa. Com isso, fora o retorno de Patrick ao meio-campo, o time deve ser o mesmo que atuou em Ponta Grossa (PR).


Independentemente da escalação, o treinador destaca que quer ter a torcida, mais uma vez, como 12º jogador. “Espero que a gente possa ter, de novo, nosso torcedor invadindo a Fonte Nova. Eu sei que o torcedor, às vezes, reclama que está muito sofrido. Mas está gostoso. Não venha falar que não está gostoso, porque está gostoso. E vocês estão participando, sendo peças fundamentais nestes triunfos. Invadam a nossa casa, a Fonte Nova”, convocou.


Confira as prováveis escalações: 

Bahia: Danilo Fernandes, Douglas Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Djalma; Patrick, Mugni e Daniel; Rildo, Rodallega e Raí. Técnico: Guto Ferreira.


Chapecoense:  Vagner, Pablo, Léo, Victor Ramos e Kelvin; Marcelo Freitas, Betinho e Tiago Real; Derek, Perotti e Chrystian.  Técnico: Gilson Kleina

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.