Header Ads

Quem recebe R$ 400 do Auxílio Brasil não passa fome, diz Flávio Bolsonaro


 

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, sugeriu que quem é beneficiário do Auxílio Brasil não passa fome no país. A declaração foi dada na última quinta-feira (9/6) em entrevista à CNN Brasil, concedida um dia após pesquisa Vigisan (Inquérito Nacional Sobre Segurança Alimentar no Contexto da Pandemia Covid-19 no Brasil), identificar que há 33,1 milhões (15,5%) de pessoas passando fome em território brasileiro.

 



"Quem recebe R$ 400 por mês de Auxílio Brasil pode ter dificuldade, mas fome não passa", minimizou o senador.

Ele ainda eximiu o pai de culpa na crise social que o Brasil está enfrentando. "O presidente Bolsonaro zerou os impostos federais que existem sobre arroz, feijão, zerou impostos de importações sobre os derivados do petróleo que vêm para abastecer as nossas redes de postos. Quer dizer, o que está ao alcance dele, ele está fazendo", disse Flávio.



Os números que revelam o aumento da insegurança alimentar no país foram identificados pela Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional)que envolve seis entidades parceiras. O levantamento constatou aumento vertiginoso de pessoas passando fome no Brasil. Em 2020, quando foi realizada a primeira pesquisa deste tipo, eram 19 milhões de pessoas com fome no Brasil (9,1% da população).

 

BEREU NEWS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.