Após receber Pix falso, dono de pizzaria entrega pizza sem recheio, suco com sal e pinto de plástico para golpista

 Após receber Pix falso, dono de pizzaria entrega pizza sem recheio, suco com sal e pinto de plástico para golpista

 

O dono de uma pizzaria de Teresina, no Piauí, "zoou" um cliente que tentou comprar uma pizza com um Pix falso na última segunda-feira (25/7). Para dar uma lição no golpista, Robson, o proprietário do estabelecimento, mandou entregar uma pizza e um refrigerante falsos. As informações são do G1.

De acordo com Robson, o cliente já havia dado um prejuízo de R$ 300 para o restaurante há cerca de um mês. Além disso, o golpista já havia tentado enganar um outro estabelecimento da cidade.

"Há cerca de um mês, tomamos esse prejuízo de R$ 300 com um Pix falso, foi a primeira vez em 12 anos de pizzaria, aí ficamos mais vigilantes, principalmente com Pix falso. Agora a gente só entrega depois que realmente confirma o valor na conta", contou ele ao G1.

Ao fazer o pedido, o cliente mandou dois Pix de R$ 0,01. Nesse momento, Robson ficou atento com a possibilidade de estar sofrendo um golpe. Minutos depois, a atendente da pizzaria informou a Robson que não estava encontrando a transferência do cliente, que havia mandando um comprovante de R$ 55. O comprovante, porém, havia sido adulterado pelo golpista.

 

 Como resposta, a pizzaria enviou apenas uma massa de pizza sem recheio e um suco com sal na garrafa de refrigerante. Na caixa, a pizzaiola escreveu "Pix Fake". Ao receber o pedido, o golpista mandou uma mensagem para o WhatsApp da pizzaria dizendo que não havia entendido aquela entrega, e bloqueou o contato.

Além da "pizza fake", eles decidiram enviar um pinto de borracha, brinquedo de um dos entregadores, junto com a entrega. Depois, por um outro número, a pizzaria pediu o objeto de volta, e o homem, além de dizer que iria devolver, comentou que não fez o Pix falso "por maldade". Na mesma mensagem, enviou um versículo bíblico que diz que "o ladrão não é desprezado se, faminto, rouba para matar a fome".

Porém, logo após a história viralizar, outro comerciante da região disse que o mesmo homem havia tentado comprar cerveja com o mesmo golpe.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem