Bolsonaro diz que morte de militante petista foi resultado de “briga estúpida e sem razão”

Durante culto evangélico em Natal, no Rio Grande do Norte, o presidente afirmou ainda que em seu governo, as mortes violentas teriam diminuído

 


 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, neste sábado (16), que a morte do militante petista Marcelo Arruda foi resultado de “uma briga estúpida, sem razão”.

Durante culto evangélico em Natal, no Rio Grande do Norte, o presidente afirmou ainda que em seu governo, as mortes violentas teriam diminuído.

 

Ainda durante o culto, o chefe do Executivo voltou a falar sobre as eleições como uma batalha entre o lado do bem, composto por ele e seus aliados, e o lado do mal, que defenderia pautas contrárias às posições da igreja. Disse também que o “inimigo não é esse lá de fora. É o interno” e mencionou a facada que levou em 2018.

“Imagine se aquela facada tivesse sido fatal? Quem estaria no meu lugar? Qual política estaria sendo aplicada agora?”, questionou.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem