Jornalista é agredido por motorista e cobrador de ônibus em Salvador

O caso aconteceu na noite de sábado (16), em frente ao Mercado Modelo 

 


 

O jornalista Arlon Souza acusou, em suas redes sociais, motorista e o cobrador de um ônibus da linha 21005 (Aeroporto - Praça da Sé) de terem o agredido na noite do último sábado (16). As agressões teriam acontecido em frente ao Elevador Lacerda, após o jornalista reclamar que o rodoviário tinha passado do ponto.

 

De acordo com o relato da vítima, ele resolveu fotografar o número de identificação do veículo, para realizar uma reclamação formal. O cobrador não gostou da atitude e chegou a  "confiscar" o aparelho celular do jornalista por alguns instantes.

"Quando fui tirar uma foto da numeração do ônibus para fazer o registro de uma reclamação, o cobrador tomou o telefone das minhas mãos e se recusou por um bom tempo a me devolver", escreveu Arlon nas redes sociais. 

Ainda de acordo com o jornalista, ao recuperar o celular, ele desceu do veículo e começou a filmar o ônibus e o motorista. Neste momento, o homem teria descido do coletivo e, acompanhado do cobrador, agrediu o passageiro. 

 


"Quando resolveu me devolver, peguei meu celular e desci do ônibus. Fui registrar em vídeo os agressores, que de imediato avançaram pra cima de mim, me derrubaram no chão e o cobrador, no momento em que eu estava caído no chão, me deu um chute nas costas", relatou o jornalista.

Arlon sofreu lesões nos cotovelos por conta da queda. Após as agressões, ele foi à delegacia abrir um boletim de ocorrência e realizar um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). 

 

Veja o relato:

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem