Lumena, ex-BBB21, faturou cerca de R$ 100 mil em plataforma de conteúdo adulto


Após se "autorizar" a publicar conteúdos adultos na plataforma Onlyfans, a baiana Lumena Aleluia, ex-BBB, DJ e psicóloga,  viu a renda dar um salto em pouco tempo. Somente em dez dias, de acordo com informações do jornal Extra, a influnciadora faturou cerca de R$ 100 mil com nudes e vídeos picantes - o dobro do prêmio de terceiro lugar do Big Brother Brasil, por exemplo -.

Para acessar o conteúdo, o usuário deve pagar uma taxa de R$ 79,90 por mês. Pouco depois de anunciar a novidade para os seguidores, a baiana foi acusada de estar entrando nesse universo por estar por causa de uma decadência profissional e financeira. Em uma rede social, ela rebateu os comentários:

 

"Gente, importante lembrar que, ao longo desse ano, eu fechei contratos de publicidade com marcas super relevantes financeiramente: Avon, Pic Pay, Hoteis.com, marcas de cerveja, Twitter, TikTok, dentre outras publicidades. E minha agenda como DJ vai muito bem, obrigada".

Ela continuou: "É muito decepcionante ver comentários me associando a um processo de decadência por simplesmente ter tido a coragem de me autorizar num conteúdo 18+. Ressignifiquem essa informação, pois ela é falsa… obviamente, dinheiro é bom e a gente gosta".

 

 

Em outro momento, a psicóloga comentou que tem recebidos mais ataques agora do que na época em que participou do BBB, mas garantiu: ela não vai deixar de produzir conteúdo para a plataforma: "Em um dia de TRABALHO numa plataforma para conteúdo adulto, eu já recebi mais ataque do que quando eu estava no BBB. Sou uma mulher livre e desimpedida".

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem