Últimas Notícias


Quem são os novos cardeais brasileiros nomeados pelo papa Francisco

Paulo Cezar Costa, arcebispo de Brasília, disse que o Papa Francisco pegou a todos de surpresa O papa Francisco nomeou, neste sábado (27), dois brasileiros como cardeais, em um consistório que oficializou a posse de 20 novos religiosos, ao todo. 

O movimento ajuda a consolidar certa internacionalização do colégio cardinalício, órgão que ajuda o pontífice a governar a Igreja Católica –e define o novo papa quando este deixar o posto. Como mostrou a Folha, a cerimônia e os eventos que a sucedem até terça-feira (30) estão envoltos em ineditismos, pontos de interrogação e burburinhos, em meio a rumores sobre uma renúncia de Francisco. No total, o Brasil passa a ter oito cardeais na instituição, sendo seis eleitores de um novo pontífice. Saiba quem são os escolhidos. 

Dom Leonardo Steiner Arcebispo de Manaus desde 2019, dom Leonardo Steiner é considerado o primeiro "cardeal da Amazônia". Segundo ele, a escolha por seu nome sinaliza que o papa Francisco está preocupado com a floresta e deseja aproximar a Igreja Católica da região. Sua nomeação desbancou o titular da Arquidiocese de Belém, a mais antiga e tradicional no Norte brasileiro. 

 

Em entrevista recente à Folha, o arcebispo afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) "perde o horizonte" ao incentivar o garimpo na Amazônia e disse que as atitudes do presidente têm deixado comunidades indígenas desprotegidas. Steiner, 71, é ex-secretário-geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e, na instituição, ajudou a mobilizar religiosos para a reforma da sede nacional, em Brasília. Nascido em Forquilhinha (SC), ele cursou filosofia e teologia em Petrópolis (RJ), entre 1973 e 1978, quando foi ordenado padre por seu primo Paulo Evaristo Arns. O religioso também tem formação pedagógica e já foi professor. 

Na década de 1990, mudou-se para Roma, onde fez mestrado e doutorado em filosofia. Ao voltar ao Brasil, na década seguinte, passou a lecionar o curso no interior do Paraná. Foi nomeado bispo em 2005 pelo papa João Paulo 2º para a Prelazia de São Félix do Araguaia (MT). Dom Paulo Cezar Costa O outro brasileiro que chega para o colégio cardinalício é dom Paulo Cezar Costa, arcebispo de Brasília desde 2020, mesmo ano em que passou a integrar, no Vaticano, a Pontifícia Comissão para a América Latina, cargo que o aproximou do papa. Costa nasceu em Valença (RJ), em 1967. 

Possui graduação em Teologia pelo Instituto Superior de Teologia da arquidiocese do Rio de Janeiro e mestrado e doutorado em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana. Na vida acadêmica, foi professor do Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro, da Escola Teológica São Bento e do Departamento de Teologia da PUC-Rio, onde também atuou como coordenador e diretor. Foi ordenado presbítero no início da década de 1990. Em seu ministério, foi vigário paroquial, pároco e reitor do Seminário Diocesano Paulo 6º em Nova Iguaçu (RJ). 

Colaborou na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) como membro do grupo de peritos da Comissão Episcopal de Doutrina. Em 2010, foi nomeado pelo então papa Bento 16 como bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro. Além de arcebispo de Brasília, também é membro do Conselho Permanente da CNBB. "O papa Francisco pegou a todos nós de surpresa, anunciando meu nome na lista de cardeais", disse ele no final de maio, logo após a oficialização.

 "O posto de cardeal veio com a bondade do papa, como reconhecimento do nosso trabalho e da nossa doação. Pretendo continuar servindo e olhando para Jesus Cristo. Ele é o servidor por excelência." QUEM SÃO OS CARDEAIS BRASILEIROS* 

 

1. Dom Geraldo Majella Agnelo, 88 Arcebispo emérito de Salvador // Nomeado em 2001// Não eleitor 

2. Dom Odilo Scherer, 72 Arcebispo de São Paulo // Nomeado em 2007 // Eleitor 

3. Dom Raymundo Damasceno Assis, 85 Arcebispo emérito de Aparecida // Nomeado em 2010 // Não eleitor 

4. Dom João Braz de Aviz, 75 Prefeito da Vida Consagrada // Nomeado em 2012 // Eleitor 

5. Dom Orani João Tempesta, 72 Arcebispo do Rio de Janeiro // Nomeado em 2014 // Eleitor 

6. Dom Sérgio da Rocha, 62 Arcebispo de Salvador // Nomeado em 2016 // Eleitor 

7. Dom Leonardo Steiner, 71 Arcebispo de Manaus // Nomeado em 2022 // Eleitor 

8. Dom Paulo Cezar Costa, 55 Arcebispo de Brasília // Nomeado em 2022 //

Eleitor *inclui os nomeados em 27 de agosto Fonte: Vaticano

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem