Header Ads

Eleitor grita 'Bolsonaro' e quebra urna com soco na Paraíba; vídeo


Ele alegava que o nome do presidente não aparecia

Um homem de 55 anos foi preso após quebrar uma urna eletrônica durante a votação deste domingo (2) na cidade de Cajazeiras, interior da Paraíba. Vestido de amarelo, ele berrava o nome de Jair Bolsonaro enquanto socava o equipamento.

Responsável pelo caso, o delegado Ilamilto Simplício disse ao jornal Extra que o homem foi levado ao presídio. O bolsonarista foi preso em flagrante por "causar, propositadamente, dano físico ao equipamento usado na votação ou na totalização de votos ou a suas partes".

"O eleitor estava com sintoma de embriaguez e se equivocou no momento de votar", explicou Simplício.

Imagens que circularam na web mostram o eleitor irritado ao sair da cabine. Gritando o nome de Bolsonaro, ele andou até a porta antes de voltar para a urna.

Em seguida, o eleitor dá um golpe no equipamento e é retirado do local de votação por duas policiais militares. Ele alegava que a urna não mostrava o candidato escolhido por ele.
 


"Isso não procede porque várias pessoas votaram antes dele e ninguém reclamou, só ele, que estava embrigado",afirmou o delegado ao Extra.

O equipamento foi substituído pela Justiça Eleitoral.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.