Header Ads

Menina leva ovo para brincar na escola e coordenadora a obriga a consumi-lo: "você vai beber ele todinho"

A coordenadora de uma escola estadual teria feito uma criança, de 11 anos, comer ovo cru. A denúncia, foi feita pela mãe da menina junto a Polícia Civil, aponta que o caso aconteceu no Colégio Estadual Plínio Jaime, localizado na cidade de Anápolis, interior de Goiânia.

A situação, que teria ocorrido no último dia 28, deu-se quando a menina levou o ovo para a sala de aula com o intuito de brincar com amigas, com o que ela acreditava ser um bebê imaginário. Nesse momento uma colega viu e chamou a professora.

A menina disse que tentou explicar o que iria fazer, mas a professora não a teria a ouvido. “Já que você trouxe um ovo é porque você está com fome, então o meu assistente vai pegar um copo e você vai beber ele todinho”. Eu parti o ovo e bebi", contou a estudante.

A menina ainda contou que teria sido ameaçada a assinar uma advertência se não bebesse o ovo cru. Depois disso, ela voltou para a sala de aula e passou mal: "Eu fiquei com dor de barriga, com gosto de ovo na boca. Cheguei na sala chorando, tremendo. Aí a professora começou a rir e falou: “Aí é mentira”, contou a aluna.

Segundo o G1, a mãe da garota, Ana Lúcia Santos, registrou um boletim de ocorrência e também acionou a Secretaria de Educação, onde pediu providências. "Eu quero justiça. Achei que foi um abuso com a milha filha. Tinha quatro pessoas na sala da coordenação e ninguém falou nada. Ela se sentiu humilhada, está traumatizada, constrangida", disse a mãe.

A Polícia Civil se manifestou sobre o caso e informou que a conduta da coordenadora configura crime de maus-tratos e, por isso, ela será intimada para prestar depoimento. A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou em nota, nesta segunda-feira (3), que não pactua com esse tipo de violência e aguarda a manifestação da equipe gestora da escola e a apuração dos fatos para a adoção das providências administrativas e legais cabíveis em relação aos profissionais envolvidos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.