Brasil perde para Camarões, mas se classifica em primeiro lugar

     Aboubakar comemora gol de Camarões sobre o Brasil (Fifa/Divulgação)


 Seleção entrou em campo apenas com reservas e saiu derrotada por 1x0

O Brasil entrou em campo para enfrentar Camarões, no estádio Lusail, de olho na primeira colocação do Grupo G. Já classificada, a Seleção foi escalada nesta sexta-feira (2) com um time de reservas. E, apesar de criar várias chances, quem ganhou foi o rival africano: 1x0, tirando a invencibilidade dos canarinhos.


Apesar do resultado ruim, o Brasil ainda conseguiu avançar às oitavas de final da Copa do Mundo do Catar na liderança, graças ao saldo melhor que a Suíça - que ganhou da Sérvia e ficou com a segunda posição. Assim, a Seleção agora se prepara para enfrentar a Coreia do Sul nas oitavas de final. A partida será na segunda-feira (5), às 16h, no estádio 974.


A maior preocupação do jogo ficou por conta de Alex Telles, que deixou o campo chorando no segundo tempo. Imagens da câmera de transmissão mostraram o lateral esquerdo com gelo, no banco. A lesão deve forçar o Brasil a acelerar a recuperação de Alex Sandro para as oitavas.


Primeiro tempo

Como esperado, o Brasil foi escalado por Tite apenas com reservas. Todos os titulares começaram no banco, com exceção dos lesionados Danilo, Alex Sandro e Neymar. Mais cedo, o camisa 10 trabalhou com bola no hotel da Seleção, enquanto os laterais foram ao CT. Depois, os três acompanharam a partida in loco, no estádio Lusail.


Os reservas do Brasil até queriam mostrar serviço, e dominaram as ações no primeiro tempo. Antony, Martinelli e Rodrygo lideraram a Seleção, com o atacante do Arsenal sendo quem mais deu trabalho ao goleiro Epassy. 


A primeira grande chance de Martinelli veio aos 13 minutos: Fred recebeu de Daniel Alves na intermediária, e mandou na medida para o camisa 26, na segunda trave. Ele deu a cabeçada, mas Epassy fez uma grande defesa.


Aos 20, Camarões viu Choupo-Moting acionar Tolo na esquerda, e o lateral cruzou, forte. Mas Ederson estava atento, se esticou e espalmou. Foi uma das pouquíssimas chances dos africanos, que só voltaram a aparecer com perigo no fim da etapa inicial.


Enquanto isso, o Brasil teve chance com Fred, com Fabinho, com Gabriel Jesus. Em um intervalo de quatro minutos, a Seleção ainda ganhou duas cobranças de falta, mas Rodrygo mandou na barreira, enquanto Daniel Alves chutou por cima do gol. Aliás, a comissão técnica brasileira reclamou de faltas pesadas do time camaronês no primeiro tempo, e os jogadores do Brasil reclamaram entre eles das entradas do rival.


Aos 37, Martinelli apareceu mais uma vez: avançou no meio-campo e sofreu falta de Fai (e até perdeu a chuteira), mas Fred ficou com a bola, e o árbitro deu a vantagem. O volante acionou Antony, que cortou e bateu colocado, para a defesa de Epassy.


O próprio Martinelli ficou com sobra na entrada da área, aos 45, e bateu firme no gol, só que o goleiro de Camarões salvou de novo. Na sequência, Antony cobrou escanteio ajeitando para Rodrygo, que chutou de primeira na rede, mas pelo lado de fora.


No fim, aos 47, Ederson foi obrigado a trabalhar de verdade. Mbeumo recebeu cruzamento, livre na segunda trave, e mandou de cabeça. A bola quicou no chão antes de ir ao gol, e o goleiro do Brasil fez uma defesaça.


Segundo tempo

Querendo a vitória para ter a chance de avançar, Camarões voltou do intervalo dando susto. Aos 5 minutos do segundo tempo, Aboubakar recebeu a bola ajeitada e bateu cruzado, com muito perigo. 


O Brasil até teve chances com Gabriel Jesus, Gabriel Martinelli e Militão pouco depois, mas todas paradas por Epassy. Aos 32, Ntcham arriscou para Camarões, e Ederson defendeu.


Cinco minutos depois, Raphinha cruzou rasteiro, Bruno Guimarães chegou batendo, mas foi travado. Pedro ainda apareceu em dois momentos, mas isolou na primeira e a zaga afastou na segunda.


Aos 46 minutos do segundo tempo, o placar foi aberto... por Camarões. Mbekeli recebeu a bola na direita, e cruzou na medida para Aboubakar. Ele cabeceou no cantinho de Ederson, sem dar chances para o goleiro brasileiro. Na comemoração, o atacante tirou a camisa. Como já tinha um cartão amarelo, foi expulso.


FICHA TÉCNICA

Camarões 1x0 Brasil - Copa do Mundo (3ª rodada) 


Camarões: Epassy, Fai, Wooh, Ebosse e Tolo; Anguissa, Kunde (Ntcham) e Ngamaleu (Mbekeli); Mbeumo (Toko Ekambi), Choupo-Moting e Aboubakar. Técnico: Rigobert Song.


Brasil: Ederson, Daniel Alves, Militão, Bremer e Alex Telles (Marquinhos); Fabinho, Fred (Bruno Guimarães) e Rodrygo (Everton Ribeiro); Antony (Raphinha), Gabriel Martinelli e Gabriel Jesus (Pedro). Técnico: Tite. 


Local: estádio Lusail, no Catar

Gol: Aboubakar, aos 46 minutos do segundo tempo;

Cartão amarelo: Tolo, Kunde e Fai, de Camarões; Militão e Bruno Guimarães, do Brasil;

Cartão vermelho: Aboubakar, de Camarões;

Arbitragem: Ismail Elfath, auxiliado por Kyle Atkins e Corey Parker (trio dos Estados Unidos);

VAR: Alejandro Hernandez (Espanha)

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2


Publicidade 3