Header Ads


Pai mata o filho a facadas ao suspeitar que a vítima tinha caso amoroso com a madrasta

Kauan negou caso com a madrasta


Um indivíduo de 36 anos, de identidade não divulgada pela polícia, foi preso em flagrante na quarta-feira, 20, depois de matar a facadas o filho adolescente de 17 anos, por ciúmes. O crime aconteceu em Curitiba/PR, e segundo informações da polícia, que registrou o caso, a vítima Kauan de tal morreu no local do crime.


De acordo com as informações o assassino estava com ideia fixa de que o filho estava tendo envolvimento amoroso com a madrasta, que não teve o nome divulgado e foi tirar satisfações com a vítima, que negou tal envolvimento. O assassino não acreditou na versão do filho e o atingiu com uma facada no peito.


Kauan tentou fugir, mas foi perseguido pelo pai até ser alcançado. Ele foi golpeado mais duas vezes e morreu na casa de uma vizinha. O assassino ao ser preso pela polícia ainda estava com a arma do crime na mão. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde foi ouvido e autuado por homicídio.


Ele, que agora se diz arrependido, foi encaminhado ao sistema prisional, onde está à disposição da justiça, vendo o sol nascer quadrado. Vizinhos disseram que as brigas na família eram constantes e o assassino tinha dito em mais de uma ocasião que acreditava que a esposa e o filho tinham um caso amoroso.


Os nomes dos envolvidos não foram divulgados em virtude da falta de interpretação correta da Lei de Abuso de Autoridade por parte da polícia, que em razão disso prefere colocar o interesse individual acima do interesse público, colocando em risco a sociedade, que fica sem poder identificar os bandidos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.