BEREU NEWS

Acidente em fábrica de concreto deixa um morto e dois feridos em Salvador

Um trabalhador morreu e outros dois ficaram feridos em um grave acidente, no final da tarde desta terça-feira (28), dentro de uma fábrica de concreto no bairro Retiro, em Salvador. O acidente aconteceu por volta das 17h30, na nova sede da empresa Massa Fort, na Rua Pastoril, após um dos reservatórios de cimento desabar por cima de um caminhão betoneira. O veículo ficou em chamas.

Edvan Rangel Ribeiro, 33 anos, ficou soterrado. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas o rapaz já estava morto. Segundo a Secretaria de Saúde de Salvador, outros dois homens de 52 e 55 anos, respectivamente, que ficaram feridos, foram socorridos por populares antes da chegada do Samu e Corpo de Bombeiros. 

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) estiveram no local e já debelaram o princípio de incêndio na edificação comercial. Os bombeiros estão trabalhando para a retirada do corpo que está preso sob a estrutura do silo que desabou.

O portal tentou entrar em contato com os responsáveis pela empresa, mas não obteve retorno até esta publicação.


Fatalidade

Edvan Ribeiro trabalhava há três anos na Massa Fort como motorista, com carteira assinada. Segundo o pai da vítima, Evaristo Moreira Ribeiro, seu filho nunca foi de reclamar do emprego, apesar de sempre chegar tarde em casa.

"O serviço sempre foi puxado, tinha dias dele chegar em casa 22h, 23h, as vezes viajava. Meu sobrinho chegou a trabalhar junto com ele", comentou.

Seu Evaristo foi para o local assim que soube do acidente. "Esperei a empresa se manifestar. Falaram mais de três horas depois do acidente. Agora estamos esperando a perícia chegar para ver realmente o que aconteceu", disse. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) chegou ao local do acidente por volta das 21h.


Nova sede

O local onde aconteceu o acidente foi inaugurado na última segunda-feira (27). "Sobre a mudança (do local da empresa), ele não conversou nada comigo. Se mudaram hoje para aqui e aconteceu essa fatalidade".

Um funcionário do local, que não quis se identificar, contou que a mudança de local da empresa foi feita às pressas. 

"A estrutura estava horrível, tudo solto. Eu ouvi a usina estalar mais cedo. Foi uma obra de última hora, a gente funcionava em outro lugar."

Arrasado pela perda do colega, ele pede por justiça. "Estou indignado, um colega de farda morreu, trabalhador. A empresa não tinha engenheiro, não tinha técnico de segurança, nada. A empresa tem que pagar por tudo isso, mataram um trabalhador."

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3