BEREU NEWS

Sexo filmado em praia de Fortaleza será investigado como estupro


A mulher, flagrada em ato sexual público com dois homens, no calçadão da Praia de Iracema, em Fortaleza, se manifestou nas redes sociais e alegou estar sob efeito de álcool e ansiolítico.

Com isso, a situação passou a ser investigada como estupro de vulnerável. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), testemunhas serão ouvidas por equipes da Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza (DDM), que será responsável por conduzir a investigação.

De acordo com a pasta cearense, a mulher será acompanhada pelo Grupo de Apoio às Vítimas de Violência (Gavv) da Polícia Militar local.

Em sua conta nas redes sociais, a vítima explicou que saiu para um pré-Carnaval na noite de domingo, mas bebeu "bastante" e consumiu um tipo de droga que não conhecia.

"Apenas sei que não lembro quase nada dessa noite. Apareceram esses dois caras e me chamaram. Eu nem lembro na verdade como chegamos nessa ponte [...] Só sei chorar e minha mãe também, pois nunca pensei chegar nesse nível. Essa menina do vídeo não sou eu, é a droga exagerada", relatou a mulher. 

Ela contou ter feito uso do medicamento Rivotril, ao qual não se deve ser consumido sob efeito de bebidas alcóolicas.  A combinação pode aumentar os efeitos do ansiolítico, causando redução da atividade cerebral, com potencial perda de memória e sedação grave, o que pode resultar em coma ou morte.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3