BEREU NEWS

Medo: Saiba como polícia descobriu que bando perigoso estava escondido em Ilha de Maré


Policias Federais e Militares estiveram em Ilha de Maré durante uma operação

Os moradores de Ilha de Maré passaram a conviver com homens empunhando armas nas ruas do local paradisíaco, banhado pela Baía de Todos os Santos, desde que um grupo criminoso começou a usar a região como esconderijo. Na manhã desta segunda-feira (15), um dos suspeitos morreu durante um confronto com policiais federais e militares que, juntos, deflagraram uma operação contra o bando que é ligado a uma grande facção criminosa com atuação em todo território baiano.

O morto foi identificado como Marcelo Luís Silva de Matos, de 34 anos, conhecido como "Pão". Ele estava sendo procurado pela polícia por ter cometido homicídios e por ter planejado e participado de um ataque a uma agência bancária em março deste ano, na Praça da Revolução, no bairro de Periperi, em Salvador.

Pão e seus comparsas estavam escondidos em uma residência em uma parte da ilha de difícil acesso, conforme informações da Polícia Federal. Não se sabe ao certo há quanto tempo o grupo passou a se esconder no local, mas a presença dos criminosos teria alterado a rotina de nativos que os denunciaram por meio do Disque Denúncia, da SSP-BA.

O bando atacava agências bancárias para financiar outros crimes, como por exemplo, o tráfico de drogas. Os agentes federais e militares foram às ruas cumprir seis mandados de busca e apreensão e sete de prisão.

“O grupo criminoso era especializado na venda de entorpecentes e assalto a instituições financeiras. Praticavam uma série de ilícitos, que vinham sendo investigados tanto pela Polícia Federal quanto pela Civil. Foi descoberto que vários indivíduos estavam em Ilha de Maré pela dificuldade de acesso. Havia uma facilidade de virem a Salvador cometer seus ilícitos e retornar à ilha. Foi um local escolhido por eles por essa facilidade de logística, facilidade também de esconderijo”, disse Marcelo Siqueira, delegado da PF, durante uma coletiva de imprensa.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2