BEREU NEWS

Pré-estreia de 'Mamonas Assassinas: o Filme' reúne elenco em Salvador

Longa estreia no dia 28 de dezembro nos cinemas de todo o Brasil

Por ser cidade natal do vocalista Dinho, a Bahia foi escolhida para receber o evento de pré-estreia do filme 'Mamonas Assassinas: o Filme'. A festa aconteceu no cinema UCI Oriente do Shopping Barra e reuniu elenco, jornalistas e fãs da banda, nesta terça-feira (19).

Longa estreia no dia 28 de dezembro nos cinemas de todo o Brasil. Foto: Ícaro Silva 

Em entrevista ao iBahia, Ruy Brissac, que vive o líder do Mamonas Assassinas, falou sobre o momento e sobre a audição para a escolha do personagem. Vale ressaltar que Ruy interpretou Dinho também no musical sobre a banda que rodou o Brasil. Ele ficou muito contente com a escolha do nome dele para ambos projetos.

"Eu passei na audição, a gente ficou dois anos em cartaz, levando aí a irreverência dos Mamonas para o Brasil todo...E aí, eu recebi um convite para fazer um teste de VT para fazer parte do filme, lá em 2016. Passei no teste de VT, só que em 2016 parou o projeto. Mas, eu sempre acreditando: 'esse papel é meu.' Passaram aí seis anos mais ou menos e aí recebi a ligação de que iria retomar as gravações esse ano e começou em janeiro de 2023. Foi sensacional assim, porque esse papel era para mim", disse ele ao iBahia.

A banda se tornou fenômeno musical na década de 1990. E o vocalista 'Dinho' nasceu em Irecê, no norte do estado. Foi na juventude que ele foi para São Paulo, assim como Violetta Samo, que foi figurante no filme. Ela saiu de Salvador e foi morar em São Paulo e lá - assim como o vocalista - foi convidada para participar do longa. Inicialmente seria para interpretar o papel de namorada de Dinho. Mas, por conta de agenda, ela não conseguiu a aprovação. Apesar disso, Violetta topou o desafio de ser figurante e amou ter participado da produção.


Violetta foi uma das figurantes do filme. Foto: Ícaro Silva 

"Foi uma magia diferente estar lá e me conectar com todos os personagens, né? A cena que eu estava era da primeira apresentação do Mamonas Assassinas para o pai, o Rick Bonadil. Então, foi uma cena muito interessante, foi a banda toda tocando...Claro que a gente sentiu uma egrégora da banda. Até alguns figurinos também eram originais da banda, a família estava toda ali. Então, foi uma coisa muito real, foi quase que um documentário, por conta de ser tão real assim...Eu me senti muito feliz, apesar de não estar numa posição de protagonista, mas de sentir reverberar essa energia de uma banda que foi tão irreverente no Brasil, na década de 90", contou ela.

O filme, que chega aos cinemas no dia 28 de dezembro, conta a história dele e dos outros 4 integrantes antes de se tornarem os 'Mamonas Assassinas', desde quando ainda eram a banda Utopia. O roteiro é assinado por Carlos Lombardi e a direção por Edson Spinello.

Além de Ruy, o elenco é formado por Beto Hinoto, interpretando seu tio Bento, guitarrista da banda; Rhener Freitas interpreta o baterista Sérgio Reoli; Adriano Tunes faz o baixista Samuel Reoli; e Robson Lima interpreta Júlio Rasec, responsável por teclado, percussão e vocais na banda.


Semelhanças com o vocalista


Ator Ruy e imagem recriada de como estaria o vocalista Dinho, em 2023. Foto:

Ao iBahia, Ruy confessou que tem muitas semelhanças com Dinho. Ele explicou que são tantas que até assusta. A formação familiar, o jeito de ser da mãe e da irmã deles dois e principalmente pelas brincadeiras.

"Quanto mais eu estudava o Dinho, mais eu ia entendendo que a gente é muito parecido. Não só na forma de ser, porque eu sou brincalhão e caricato como ele, eu faço vozes aleatórias (risos), mas na batalha de vida também, já que eu sai do interior de São Paulo", disse ele.

O protagonista ainda pontuou que a mãe de Dinho fez questão de participar da criação do personagem dando dicas sobre o modo de falar e até de comer do baiano. "O contato da família foi muito importante. A mãe do Dinho sempre me falava coisas, ela chegava no set toda carinhosa. Então, cada detalhe, cada contato foi essencial."


História da banda


Além de Ruy, o elenco é formado por Beto Hinoto, Rhener Freitas, Adriano Tunes e Robson Lima. Foto: Divulgação / Edu Moraes

Referência para o rock brasileiro, a banda Mamonas Assassinas marcou uma geração e a história com suas composições. Transpirando brasilidade, o grupo formado por Bento Hinoto, Dinho, Júlio Rasec, Samuel e Sérgio Reoli teve pouco mais de 8 meses de trajetória e gravaram um único álbum em estúdio, que segue entre os 10 mais vendidos do Brasil de Todos os Tempos.

Formada em 1995, o Mamonas Assassinas surgiu após uma série de fracassos do grupo com sua primeira tentativa, a banda Utopia. Ao perceber que a veia cômica era o perfil da banda, o grupo mudou seu estilo e apresentou uma fita demo com apenas três músicas para as gravadoras.

A fita contava com as músicas 'Vira-Vira', 'Pelados em Santos' e 'Robocopgay', que até os dias atuais são consideradas os sucessos mais marcantes do grupo. A partir disso, o grupo passou a se apresentar vestidos de Chapolin Colorados, presidiários e com os cabelos coloridos.

Esse estilo consolidou a banda paulista no cenário musical e personalizou os integrantes, cujas características pessoais faziam parte da identidade da banda. No entanto, no dia 2 de março de 1996, os cinco músicos saíram de um show em Brasília com destino a Guarulhos e morreram em um acidente aére.

Próximo do destino final, o piloto da aeronave onde o grupo se encontrava entrou contato com a torre de controle e informou que não haviam condições visuais para o pouso. Na tentativa de evitar um acidente, o piloto chegou a fazer uma manobra para desviar da Serra da Cantareira, no norte de São Paulo, mas não foi o suficiente. O avião se chocou com a formação rochosa e todos a bordo da aeronave morreram.

O enterro do grupo aconteceu no dia 4 de março de 1996, no Cemitério Parque das Primaveras, em Guarulhos, também São Paulo. A cerimônia foi acompanhada por mais de 65 mil fãs e transmitida em TV Aberta.


Veja aqui o trailer do filme

Elenco do filme

  • Ruy Brissac: Dinho
  • Rhener Freitas: Sérgio Reoli
  • Adriano Tunes: Samuel Reoli
  • Robson Lima: Júlio Rasec
  • Beto Hinoto: Bento
  • Fefe Schneider: Adriana
  • Jessica Córes: Claudia
  • Jarbas Homem de Mello: Hildebrando
  • Guta Ruiz: Célia
  • Joãozinho: Marcos
  • Isa Prezoto: Grace Kelly
  • Ton Prado: Enrico Costa
  • Nadine Gerloff: Fânia
  • Patrick Amstalden: Zaca


Ficha Técnica do filme

  • Direção: Edson Spinello
  • Preparação de elenco: Jarbas Homem de Mello
  • Diretor de Fotografia: Pedro Iorio
  • Figurino: Heitor Taddeo Ramaglio
  • Maquiagem: Lucas Martins
  • Produção de Elenco: Solange Jovino e Tate Costa
  • Som Direto: Zezé D’Alice,ABC
  • Roteiro Original: Carlos Lombardi
  • Edição de som e mixagem: Gabriel Pinheiro,A3pS
  • Montagem: Rodrigo Daniel Melo,edt
  • Trilha Sonora: Ronaldo Pellicano
  • Produção Executiva: Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa
  • Produtores: Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa
  • Coprodução: Mamonas Assassinas Produções e Claro
  • Produção: Total Entertainment
  • Distribuição: Imagem Filmes

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3