BEREU NEWS

Queda em preço de gás de cozinha não deve chegar aos consumidores, aponta sindicato de revendedores



De acordo com a Acelen, as alterações seguem critérios de mercado que levam em consideração diversas variáveis

Responsável pela Refinaria de Mataripe, a Acelen, anunciou uma redução no valor do botijão de gás de 13 kg, de cerca de 4,45%, valor que, segundo o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado (SindRevGás), gira em torno de R$ 1,13. Na contramão, os combustíveis: gasolina e diesel, tiveram alta de 2,3% e 1,1%, respectivamente.

O sindicato ainda informa que o valor não deve chegar até o consumidor final, ou seja, o valor do gás em Salvador não deve sofrer alteração e seguirá a média dos R$ 130. De acordo com o anúncio da Acelen, feito na última quinta-feira (30/11), as alterações seguem critérios de mercado que levam em consideração diversas variáveis como custo do petróleo (adquirido a preços internacionais, em dólar), fazendo com que os reajustes sofram variação para cima ou para baixo.

O último reajuste feito foi em 31 de outubro, quando o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) sofreu aumento de 1,8%, que, na prática, resultou no aumento de R$ 2 no valor final do botijão, que, em média, custava R$ 132.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3