BEREU NEWS

Nova ligação entre a Avenida Bonocô e o Acesso Norte é inaugurada; veja o que muda



Via deve melhorar o fluxo e evitar acidentes em uma das regiões mais movimentadas da cidade

Cerca de 30% da frota de veículos de Salvador passa pela Rotula do Abacaxi todos os dias. Agora, esses motoristas têm uma nova via que liga a Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô) ao Acesso Norte. A pista foi inaugurada, nesta quinta-feira (4). A obra integra um conjunto de três intervenções projetadas para solucionar conflitos de trânsito na região, e o investimento foi de R$ 3,5 milhões.

Antes, quando o condutor estava saindo da Bonocô com destino a BR-324, ele precisava fazer o retorno atrás do Shopping Bela Vista, o que nos horários de pico gerava congestionamento. Agora, não será mais necessário fazer esse trajeto. O novo acesso liga a Avenida à BR de imediato, sem a necessidade de usar o retorno. O prefeito Bruno Reis (União Brasil) fez a inauguração oficial.


“Esta obra permite que quem esteja na Bonocô possa ir diretamente para a BR-324 ou ao Cabula, Pernambués e parte alta de Saramandaia. Antes, muitos veículos tinham que passar pelas vias do entorno do Shopping Bela Vista. E, com a chegada da loja Leroy Merlin, houve um aumento da demanda no trânsito para esta área. Embora essa intervenção não tenha extensão muito grande, é uma importantíssima solução de tráfego”, afirmou.

Outras duas intervenções estão previstas para a região. A construção de uma alça no viaduto que liga a Via Expressa à BR-324, além de outras ações para melhorar o tráfego no acesso à Avenida Luís Eduardo Magalhães e entroncamento com São Gonçalo do Retiro. Para o motociclista Diego Nascimento, 28 anos, que mora no Cabula e trabalha no Centro, a nova via pode melhorar o trânsito.

“Acredito que além de melhorar o fluxo vai evitar acidentes, porque eu já vi algumas situações bem complicadas no cruzamento. Tem motorista que não dá preferência, outros que forçam passagem e tudo isso são riscos de acidentes”, disse.

A obra envolveu serviços como contenção em solo grampeado, pavimentação asfáltica, passeio em concreto, meio-fio, drenagem e iluminação em LED. O projeto teve apoio da Secretaria de Mobilidade (Semob), e a construção da nova pista foi executada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). O titular da Seinfra, Luiz Carlos de Souza, fez uma observação.

“Essa via fará com que a população gaste menos tempo no trânsito, impactando na qualidade de vida e dando, inclusive, a chance dos motoristas que quiserem ir para a Avenida Heitor Dias evitarem o trânsito da Rótula do Abacaxi”, disse.


Chuva

Bruno Reis aproveitou a oportunidade para citar o avanço da obra do BRT, prevista para ser entregue em março, e disse que está preocupado com o próximo período de chuvas em Salvador, entre final de março e junho. O gestor afirmou que está adotando medidas para evitar problemas, mas fez a ressalva de que nenhuma cidade está preparada para lidar com grandes volumes de chuva em um período curto de tempo.

“Vamos autorizar mais um conjunto de encostas e de urbanização de canais em nossa cidade já nos preparando para a chuva. Depois de muito calor, geralmente, vem muita chuva. Então, estamos nos antecipando. Podamos 3 mil árvores em um mês, batemos o recorde, começamos as dragagens e limpezas dos canais e aceleramos as obras em encostas”, afirmou.

Ainda é cedo para prever como será o outono soteropolitano, mas o diretor geral da Defesa Civil (Codesal), Sosthenes Macedo, afirmou que o Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec) faz o acompanhamento da situação 24h por dia.

“Executamos anualmente uma série de contenções de encostas por meio da Seinfra e da Sucop, e uma série de geomantas por meio da Codesal que garantem a seguranças das pessoas que moram nas áreas de risco da cidade. Além disso, existe um trabalho de conscientização da população para não fazer obras irregulares que coloquem as comunidades em risco”, explicou.

Desde 2016, foram entregues cerca de 300 geomantas. Atualmente, Salvador conta com 100 sensores que monitoram a chuva. No último temporal, no final de dezembro, 44 árvores tombaram na capital.


Confira outras obras que serão realizadas na Rótula do Abacaxi:

• Construção de uma via para os motoristas oriundos das regiões do Cabula, Pernambués e Bela Vista para acesso às avenidas ACM e Bonocô. Atualmente, quem deseja seguir por este trajeto precisa pegar um retorno existente em frente à estação de transbordo do Acesso Norte, o que gera retenção. A obra consiste em trecho viário com extensão aproximada de 750 metros, tendo passagem subterrânea sob a Rua dos Rodoviários (Ladeira do Cabula), seguido de um trecho em viaduto sobre a BR-324, finalizando com uma bifurcação.


• A outra iniciativa prevista para a região da Rótula do Abacaxi abrange a construção de uma alça de ligação viária com extensão aproximada de 260 metros entre o Viaduto da avenida Barros Reis e o acesso à Bonocô. Isso vai promover uma redução do volume de tráfego no nível inferior da Rótula do Abacaxi, já que o fluxo com origem na Barros Reis poderá ser pela Bonocô através desta nova derivação do viaduto existente, o que possibilitará que o retorno abaixo da Via Expressa seja eliminado, juntamente com os dois semáforos associados a ele no início da Heitor Dias.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3