BEREU NEWS

Baby prega apocalipse e Ivete Sangalo rebate: "Deus mandou macetar"



Ivete Sangalo brincou com pregação da pastora evangélica e disse que vai “macetar” o apocalipse Uma cena inusitada chamou a atenção de foliões do circuito Dodô neste sábado, 10. Durante o desfile do seu bloco “Coruja”, em Ondina, Ivete Sangalo ouviu uma pequena pregação sobre o apocalipse, vinda da cantora Baby do Brasil, que também é pastora evangélica. 

Baby se encontrava nos estúdios de uma emissora de televisão e, ao interagir com Ivete, anunciou a aproximação do apocalipse, previsão constante da Bíblica sobre o fim do mundo. “Todos atentos porque nós entramos em apocalipse. O arrebatamento tem tudo para acontecer entre 5 e 10 anos. 

Procure o Senhor enquanto é possível", pregou Baby, em uma espécie de introdução para pedir a Ivete que cantasse a música “Eva”, canção que aborda, em sua letra, o fim do planeta Terra. Ivete Sangalo, porém, interrompeu Baby do Brasil e afirmou que não permitirá o fim do mundo. 

Brincando com a sua principal música para o Carnaval de 2024, a comandante do bloco Coruja disse que é preciso “macetar” o apocalipse. "Eu não vou deixar acontecer, porque não tem apocalipse certo quando a gente maceta o apocalipse", disse Ivete. "Eu vou cantar Macetando, porque Deus está mandando. É o Macetando de Jesus”, concluiu a cantora, rejeitando o pedido de Baby para tocar a canção sobre o fim do mundo.

Nascida em Niterói, no Rio de Janeiro, Baby do Brasil tem sua história intimamente ligada ao Carnaval de Salvador. Aos 17 anos, em 1969, ela fugiu de casa e se mudou para a capital baiana, onde conheceu Pepeu Gomes, Luiz Galvão, Paulinho Boca de Cantor e Moraes Moreira. Com eles, ela formou os “Novos Baianos”, grupo que marcou a folia soteropolitana e a música brasileira. 

Segundo relato da própria, foi ela, em 1975, a primeira pessoa a cantar com um microfone em cima de um trio elétrico. Em um período em que a música de Carnaval era totalmente instrumental, ela, ainda chamada de Baby Consuelo, teria pego um microfone que amplificava o som de um instrumento e cantado a música “Bahia Campeão dos Campeões”, revolucionando para sempre o Carnaval de Salvador. 

A versão mais aceita, por outro lado, é que o primeiro cantor de trio tenha sido Moraes Moreira, colega de Baby nos Novos Baianos. Com a separação dos Novos Baianos, ela assumiu uma carreira solo de cantora, se tornando Baby do Brasil. Posteriormente, se tornou evangélica e, em 2000, fundou a igreja “Ministério do Espírito Santo de Deus em Nome do Senhor Jesus Cristo”. A mudança, de jovem hippie para pastora evangélica, influenciou decisivamente em sua música. 

Canções que fizeram história na voz de Baby Consuelo tiveram letra alterada por Baby do Brasil. Na clássica “Brasil Pandeiro”, o verso “eu vou pedir à padroeira para me ajudar” virou “eu vou pedir a Jesus Cristo para me ajudar”, em consonância com a filosofia religiosa da cantora.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3