BEREU NEWS

No melhor 'estilo Raudinei', Bahia vence o Sport com gol no finalzinho


Equipes se enfrentaram neste domingo, 4, às 16 h, na Arena Fonte Nova

Bahia e Sport protagonizaram o primeiro grande clássico da Copa do Nordeste de 2024, na tarde deste domingo, 4, em uma Arena Fonte Nova lotada de torcedores tricolores, logo na rodada de abertura da competição. O confronto terminou 2 a 1 para o Esquadrão, que marcou seus gols com Thaciano e Rafael Ratão, já no final do segundo tempo. O gol de consolação da equipe pernambucana foi marcado por Gustavo Coutinho.

Com o resultado, o Tricolor baiano assumiu a segunda colocação do Grupo B, mas possui os mesmos números do Fortaleza, líder do grupo, que venceu o América-RN, também por 2 a 1, neste sábado, 3. Já o Sport que estava na terceira posição do Grupo A até os 50 minutos do segundo tempo, amarga a sexta colocação. 


Primeiro tempo

O jogo começou com ambas as equipes se estudando bastante, mas por volta dos seis minutos da primeira etapa, o Esquadrão quase abriu o placar após boa troca de passes entre Éverton Ribeiro e Gilberto, para a finalização de Biel, que esbarrou na bela defesa do goleiro Caíque França.

A equipe de Rogério Ceni continuou pressionando e quase furou a defesa rubro-negra com Jean Lucas, que encobriu o arqueiro adversário, mas ficou com o grito de gol entalado após a zaga tirar em cima da linha. 

No entanto, não demorou muito para o Tricolor de Aço conseguir furar o bloqueio  da equipe pernambucana, já que aos 18 minutos do primeiro tempo, após o Sport tentar subir um pouco suas linhas, viu o volante Jean Lucas encontrar uma brecha na defesa, e ao tentar enfiar uma bola para Biel, acabou encontrando Thaciano, que não perdoou e abriu o placar com um belo chute por cobertura. Logo em seguida, Caíque França impediu que Cauly ampliasse o placar. 

O Sport não deixou barato e partiu para cima buscando o empate, e por volta dos 23 minutos da primeira etapa, Gustavo Coutinho botou uma bola na trave da meta defendida pelo goleiro Marcos Felipe. Aos 40 minutos, depois de um período sem muitas oportunidades para ambas as equipes, Éverton Ribeiro tabelou com Cauly, que deixou Jean Lucas em boa oportunidade para finalização, mas o camisa seis tricolor mais uma vez foi bloqueado por Caíque França, que evitou um resultado mais elástico neste primeiro tempo. 


Segundo tempo

A segunda etapa começou já com uma boa oportunidade para o Sport, com Pedro Lima, aos 3 minutos, que foi acionado pelo lado direito, partiu para cima de Luciano Juba e finalizou, mas parou nas mãos de Marcos Felipe.

O Leão da Ilha seguiu em cima e teve a melhor oportunidade para igualar o placar com Romarinho, que tentou tirar o goleiro tricolor do lance e acabou chutando para fora. 

Entretanto, o Bahia não deixou barato e botou uma bola na trave de Caíque França com Cauly, e logo em seguida, Biel foi impedido de marcar o segundo gol do Tricolor baiano pelo goleiro adversário, que fez uma defesa à queima-roupa, mostrando que seguia inspirado no segundo tempo. 

Mas quem não faz, toma. Essa é uma das maiores máximas do futebol, e o Sport não deixou barato, empatando o jogo com Gustavo Coutinho, aos 28 minutos da segunda etapa. Mas já nos acréscimos, aos 50 minutos do segundo tempo, Rafael Ratão marcou o segundo gol do Bahia, garantindo o triunfo da equipe baiana.

O Esporte Clube Bahia agora volta suas atenções para a partida desta quarta-feira, 7, válida pelo Campeonato Baiano, contra o Itabuna, às 21h30, também na Arena Fonte Nova, buscando seu quarto triunfo seguido na competição, podendo se isolar na liderança.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3