BEREU NEWS

Policiais infiltrados já prenderam 27 pessoas no Carnaval de Salvador


Entre os presos estão autores de roubos, tráfico de drogas e por cumprimento de mandado de prisão

Durante todos os dias do Carnaval, a Polícia Civil da Bahia se mistura entre os foliões para localizar criminosos. Além do registro de boletins de ocorrência e apoio às vítimas, há uma intensa conscientização sobre o combate à violência. A Polícia Civil realiza um trabalho de inteligência nos circuitos, infiltrando agentes para identificar envolvidos com o tráfico de drogas e procurados pela Justiça.


Até o início do quarto dia oficial de festa, 28 pessoas foram detidas graças às equipes veladas. Diariamente, cerca de 200 policiais entre investigadores, escrivães e delegados se mesclam entre os foliões com o objetivo de combater o tráfico de drogas nos circuitos. Os agentes infiltrados identificam e prendem criminosos que estejam vendendo drogas, praticando furtos ou roubos durante a festa, além de indivíduos procurados pela Justiça com mandados de prisão em aberto.

A coordenação da ação é feita pelo Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) na área da Barra, pelo Departamento de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (Draco) na Ondina, e pelo Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic) no Centro da cidade. Todas as atividades das equipes são apoiadas pelo Departamento de Inteligência Policial (DIP). As operações das equipes veladas ocorrem desde o pré-Carnaval, atuando no Pipoco, Fuzuê e no Furdunço.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3