BEREU NEWS

Baiano Robson Conceição derrota americano e é campeão mundial dos superpenas


 

"Estou muito feliz. Quando eu prometo, eu cumpro", disse ele após resultado

O boxe brasileiro tem um novo campeão mundial. Trata-se de Robson Conceição, que derrotou, neste sábado, no Prudential Center, em Newark, Estados Unidos, o norte-americano O'Shaquie Foster, por pontos, após 12 assaltos, para conquistar o cinturão dos pesos superpenas (até 58,967 quilos) do Conselho Mundial de Boxe.


A decisão foi dividida. Dois jurados apontaram o brasileiro como vencedor (116-112 e 115-13) e um viu o americano melhor na luta (116-112). O resultado foi muito criticado pela imprensa americana, que considerou o resultado um 'roubo'.

"Estou muito feliz. Quando eu prometo, eu cumpro", disse o baiano Robson, de 35 anos, dirigindo-se às suas filhas na Bahia. "Sou campeão do mundo. Eu ataquei mais e procurei mais a luta. Só não consegui conectar mais golpes porque ele se movimentou muito e não aceitou a troca de golpes", afirmou o brasileiro ainda em cima do ringue.


Foster estava inconformado com o resultado. "Eu não sei nem o que dizer. Quero uma revanche imediata", disse o americano, de 30 anos, que perdeu pela terceira vez na carreira. Ele soma 22 vitórias, com 12 nocautes. Robson ganhou pela 19ª vez, além de duas derrotas e um empate.

Foster encontrou a distância rapidamente e dominou a luta a maior parte do tempo. Robson buscou atacar com jabs, mas seu direto de direita, mais uma vez, foi ineficaz. O americano foi melhor no contragolpe, enquanto o brasileiro sempre teve a iniciativa do ataque.

Esta foi a quarta vez que Robson tentou o título mundial. Ele havia perdido em 2021 para o mexicano Oscar Valdez de forma injusta, pois foi muito melhor no combate. Em 2022, o brasileiro perdeu para o americano Shakur Stevenson e no ano passado empatou com o mexicano Emanuel Navarrete.

Além de Robson, o boxe brasileiro tem como campeões mundiais Eder Jofre, Miguel de Oliveira, Acelino Popó Freitas, Valdemir Sertão Pereira e Patrick Teixeira. No feminino, Rose Volante foi campeã e Beatriz Ferreira, que vai disputar a Olimpíada de Paris, é a atual campeã peso leve da Federação Internacional de Boxe.


Robson Conceição entrou para o hall dos boxeadores que somam o título mundial profissional e também a medalha de ouro olímpica, pois ele foi campeão nos Jogos do Rio-2016. Este é um feito inédito no pugilismo nacional.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2